Navigation

Atentado contra EL AL em Zurique

Os estragos foram limitados. Keystone

Cometido na madrugada de quarta-feira 3/1, um pequeno atentado contra prédio de Zurique onde ficam escritórios da empresa israelense de aviação El Al. Ninguém ficou ferido e os estragos não chegam a 7 mil dólares. O crime é reivindicado por extremistas.

Este conteúdo foi publicado em 03. janeiro 2001 - 14:31

Em fax a Agência de Notícias Suíças ATS/SDA, um pequeno grupo anarquista que se autoproclama "Perspectiva Revolucionária" assume esse atentado sobre o qual a Polícia deve fornecer mais detalhes.

O grupo reivindicou ataque semelhante contra consulado turco, o que não foi confirmado pela polícia. Indica também que o objetivo é pôr fim a "massacres" na Turquia, Curdistão e Palestina.

Numerosos atentados de alcance limitado foram cometidos na Suíça em nome de " Perspectiva Revolucionária". O último tinha sido em novembro, também em Zurique, mas contra o Consulado da França.

Em abril local do Exército foi atacado em Berna e em janeiro o alvo foi o Centro dos Congresos em Davos, onde se realiza o badalado Forum Mundial da Economia. A repercussão foi então bem maior.

No fax de quarta-feira, 3/1, o grupo pede fim de conferências económicas como a de Davos, Seattle e Praga.

"Perspectiva Revolucionária" emergiu em 1995. Tornou-se conhecido com "molecagens" como ataque a pinturas, colocando colas em fechaduras, instalando pequenos engenhos explosivos. Seus alvos principias são os bancos e os consulados estrangeiros.

swissinfo com agências.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Em conformidade com os padrões da JTI

Em conformidade com os padrões da JTI

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?