Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Aumentam denúncias de lavagem de dinheiro

(Keystone)

311 casos suspeitos de lavagem de dinheiro foram denunciados no ano passado, na Suíça, 11% a mais do que no ano anterior. Com base nessas denúncias, 240 casos foram encaminhados à Justiça penal. Pela lei em vigor, as instituições financeiras e todos os intermediários são obrigados a denunciar clientes suspeitos.

Os bancos suíços estão cada vez mais prudentes com a reciclagem de dinheiro proveniente da corrupção ou do tráfico, depois da nova lei sobre a lavagem de dinheiro.

75% das denúncias feitas no ano passado à polícia federal foram feitas pelos bancos. As denúncias do chamado setor parabancário também aumentaram de 14 para 25%. "Isso é devido às campanhas de sensibilização juntos aos intermediários financeiros", segundo o diretor da polícia federal, Jean-Luc Vez.

Somadas, as 240 denúncias encaminhadas à Justiça penal totalizaram 655 milhões de francos suíços. O procedimento é análisar as denúncias para eventual bloqueio das contas. A maior parte das denúncias vêm dos estados de Zurique, Genebra, Berna, Ticino e Basiléia.

Ele julga a evolução "positiva" mas afirma que ainda há poucas denúncias feitas por advogados de negócios, casas de câmbio e seguradoras, mas que isso é uma questão de tempo de adaptação.

Vez afirma ainda que a eficácia da luta contra a lavagem de dinheiro "está ligada à qualidade de todo o sistema" financeiro. A lei contra a lavagem visa dar maior credibilidade ao sistema financeiro.

swissinfo com agências.

×