Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Avalance levou maratonista conhecida, para sempre

Franziska Rochat-Moser comemorando vitória suíça em 1997

(Keystone Archive)

Arrastada por uma avalanche na quarta-feira, faleceu Franziska Rochat-Moser, a maior maratonista suíça, mundialmente conhecida após vencer maratona de Nova York em 1997.

Franziska Rochat-Moser esteve entre a vida e a morte por mais de 24 horas. Não resistiu. Quarta-feira, 6/3, fora levada de roldão por uma avalanche que a arrastou e a cobriu em Diablerets, nos Alpes Suíços. Só foi retirada da neve 25 minutos depois do acidente. Experiência médica indica que uma pessoa sobrevive se não permanece mais de 15 minutos soterrada.

Consagração

A corrida de fundo foi sempre uma paixão de Franziska que aos 20 anos já se tornara campeã suíça júniors de orientação. A consagração internacional veio aos 30 anos quando venceu a Maratona de Nova Iorque em 2h28min43seg que lhe valeu o título de "rainha" da Maratona...

Em 1999 a atleta terminava em segundo lugar na Maratona de Boston. Foi quando bateu o recorde suíço em maratona clássica (42 km 195): 2h25min51seg. Esse recorde não foi ainda ultrapassado.

Murten - Friburgo

Especialista em longas distâncias, Franziska colecionou troféus também em várias outras oportunidades, inclusive venceu duas vezes a corrida Murten/Morat - Friburgo percurso irregular de 16 km. É ainda a única mulher a ter percorrido a mítica distância em menos de 1 hora.

Desde o ano passado Franziska Rochat-Moser abandonara a competição para se consagrar ao famoso restaurante de seu marido, Philippe Rochat, em Crissier, perto de Lausanne, considerado um dos melhores da Europa. Durou pouco pois faleceu aos 35 anos.

swissinfo com agências

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

×