Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Berna dinamita velho estádio

No local, novo estádio estará pronto em 2004

(Keystone)

Com 450 cargas de explosivos, a capital suíça reduziu a escombros nesta sexta-feira mítico estádio Wankdorf, construído em 1954 para a Copa do Mundo. Vetusto e perigoso, Wankdorf será substituído no mesmo local por um estádio supermoderno de 35.000 lugares, dentro de 3 anos.

As autoridades isolaram perímetro de 300 metros em volta do velho estádio na tarde de sexta-feira no sentido de evitar riscos inúteis. Às 15h00, (hora local), 20 kg de dinamite, reduziu a ruínas, em apenas 10 segundos, as estruturas de cimento armado do campo, construído em 1954 pelo arquiteto italiano Virgilio Muzzulini. Inexplicavelmente uma das torres de iluminação ficou de pé

Vitória alemã foi sensação em 1954

Num período de verão e de férias, em que as notícias escasseiam, a destruição do estádio assumiu dimensões de acontecimento nacional.

O evento podia se comparar, no entanto, à morte de uma personalidade querida e deu margem a recordações que marcaram a história do estádio bernês, como a famosa final da Copa de 54 entre a Hungria, o terror da época, e a Alemanha. Os húngaros começaram marcando o primeiro gol e ampliando o placar para 2 a 0. E quando os 60 mil torcedores imaginavam um resultado lógico, os alemães viraram o jogo e acabaram levando a taça (a primeira) com vitória de 3 a 2!

Pessoas com mais de 70 anos guardam boas lembranças daquela Copa, a mais pródiga em gols : uma média de 5,4 por partida.

O novo estádio vai custar SFr. 250 milhões

A "herança" deixada é um projeto de estádio que possa rivalizar com o de Basiléia inaugurado há cerca de 4 meses: moderno, funcional, e (seguindo normas da FIFA, o xerife do futebol mundial), sem barreira entre a torcida e o campo.

O novo estádio do bairro Wankdorf terá 36 mil assentos, lojas e restaurantes. Está orçado em 250 milhões de francos, cerca de 145 milhões de dólares.

swissinfo com agências.

×