Navigation

Bolsa suíça terá índice ampliado

Principal índice terá média de 19 empresas cotadas Keystone

A partir de outubro, as ações de 5 novas empresas entrarão no cálculo do SMI, principal índice da Bolsa de Zurique. O SMI passará então a ser calculado sobre a média de 29 valores.

Este conteúdo foi publicado em 11. julho 2000 - 11:24

A Comissão de índices da Bolsa suíça justifica a ampliação do SMI, seu principal índice de referência, para manter-se mais atrativo e representando melhor o mercado. Ela acredita ainda que o SMI estará mais próximo do comportamento dos investidores.

As novas empresas incluídas no SMI são o banco privado Julius Bär Holdind, de Zurique, a Kudelski, especialista em tecnologia numérica, o grupo de artigos de luxo Richemond, a Serono, especialista em biotecnologia e a Unaxis Holding.

Para ser incluída no cálculo do SMI, a empresa precisa ter capitalização equivalente a pelo menos 0,45 p/cento do SPI, índice mais amplo da Bolsa suíça.

swissinfo com agências.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Em conformidade com os padrões da JTI

Em conformidade com os padrões da JTI

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?