Campanha suíça arrecada CHF40 milhões para carentes afetados pela Covid-19

Mais de 100 instituições de caridade, incluindo a Incontro de Zurique (foto), puderam ajudar os necessitados graças à campanha de solidariedade Suíça. Keystone / Alexandra Wey

A organização caritativa Swiss Solidarity está ajudando mais de 100 grupos a fornecer assistência de emergência a idosos, desabrigados e outras pessoas carentes que têm sofrido na Suíça durante a pandemia do coronavírus.

Este conteúdo foi publicado em 14. julho 2020 - 15:07
swissinfo.ch/fh

Desde o lançamento de sua campanha em março, a Swiss Solidarity arrecadou quase CHF40 milhões (US$ 43 milhões) e repassou CHF24 milhões para financiar 115 projetos de ajuda em todo o país. Outros CHF16 milhões estão previstos para serem distribuídos em setembro.

Cerca da metade das pessoas necessitadas vive nas cinco maiores cidades da Suíça: Basileia, Berna, Genebra, Lausanne e Zurique. Cerca de 46% do dinheiro tem fornecido alívio financeiro; 22% tem sido gasto em serviços, por exemplo, para idosos ou pessoas com deficiências; 16% em alimentos para os necessitados; e 15% nos esforços de coordenação e comunicação.

A Cáritas Suíça e a Cruz Vermelha Suíça estão entre os 11 grupos nacionais e 93 grupos locais que garantem que os fundos sejam usados corretamente. A Swiss Solidarity é o braço humanitário da Sociedade Suíça de Radiodifusão e Televisão, da qual swissinfo.ch faz parte.

As contribuições ao fundo especial para as pessoas afetadas pela Covid-19 na Suíça ainda podem ser feitas através da internet (www.glueckskette.ch) ou da conta postal 10-15000-6, usando a referência "Coronavirus".

Partilhar este artigo