Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Campeonato suíço tem forte queda de público

Só 4.200 fãs assistiram ao jogo FC Zurique x Bellinzona, no Letzigrund, que tem 25.160 lugares.

(Keystone)

A temporada 2008/09 da Super League, que terminou no último sábado, teve 350.904 torcedores a menos do que a anterior. Trata-se da maior queda de público dos últimos 16 anos.

Dois jogos fantasmas do campeão FC Zurique e a ausência do St-Gallen na primeira divisão explicam parte do recuo. Também a audiência dos jogos do campeonato da primeira divisão na televisão caiu.

Um ano após a Eurocopa na Suíça, o boom de torcedores nos estádios parece ter acabado. Os jogos de fim de semana da última Super League tiveram 18% menos público do que a anterior.

Desde 2000, o número de torcedores havia aumentado de 1.115.000 para 1.965.000. Em vez de superar a marca dos 2 milhões na temporada passada, houve uma diminuição de mais de 350 mil fãs, segundo dados divulgados pela Liga de Futebol da Suíça.

Foi a primeira queda desde a temporada 2004/05 e a segunda nos últimos dez anos. A principal causa da redução de quase 2 mil ingressos em cada uma das 180 partidas do campeonato é que todos os clubes atraíram menos torcedores aos estádios.

A maior perda foi do FC Basiléia, com um recuo de 45 mil fãs ou uma média de 2.500 por jogo em casa. Os oito melhores dos dez times da Super League tiveram um total de quase 200 mil torcedores a menos nos jogos em casa em relação à temporada anterior.

Clube da segundona supera times da primeira divisão

O campeão FC Zurique registrou uma queda de 43 mil torcedores em relação à temporada 2007/08. O clube fora punido a realizar duas partidas a portas fechadas – contra o Youg Boys de Berna e contra o Lucerna.

As perdas de fãs do Sion (- 3.000), Xamax (- 27.000) e Lucerna (- 20.000) são atribuídas ao fraco desempenho esportivo desses clubes, que só foram melhores em campo do que o Vaduz (de Liechtenstein), que ficou em último lugar na tabela e em média atraiu menos de 2.400 fãs por jogo.

A média de público na primeira divisão foi de 9 mil fãs por partida – o que é menos do que o St-Gallen teve na segunda divisão (12.470). A melhor média na Super League foi do FC Basileia (21 mil), seguido pelo Young Boys (18 mil) e o FC Zurique (9.829).

"A Liga tornou-se desinteressante?", questiona o jornal NZZ. "Não. Mas a constelação de clubes que a disputou não foi boa. A temporada anterior, com quase 2 milhões de visitantes nos estádios, foi boa demais; a edição atual foi ruim demais. A verdade está no meio", responde o cronista esportivo do jornal.

Hooligans e estádios superdimensionados

No lugar do Vaduz, St-Gallen volta à Super League na próxima temporada. Isso garante um aumento de público porque esse clube também atrai mais torcedores do que o Vaduz em partidas no campo do adversário.

Mas provavelmente o problema não se reduz à presença de Vaduz ou St-Gallen na primeira divisão. Outros fatores, inclusive as condições do tempo, também influem, segundo analistas.

Casos de violência causada por hooligans também não são um convite para famílias irem aos estádios. Segundo dados da polícia federal, 250 hooligans e 1.500 fãs potencialmente violentos vivem na Suíça.

Alguns estádios, como o Estádio da Suíça, em Berna, ou o Letzigrund, em Zurique, são simplesmente grandes demais para um campeonato tão pequeno – eles raramente lotam, a não ser em clássicos ou numa final.

Segundo um cálculo do jornal Tagesanzeiger, em Zurique, por exemplo, mais pessoas visitam os teatros do que as partidas de futebol. Especialistas dizem que o novo estádio Hardturm, cujo projeto foi apresentado nesta sexta-feira, com capacidade para 20 mil torcedores, é mais do que suficiente para os dois clubes da maior cidade suíça: o FC Zurique e o Grasshoppers.

Não só muitas cadeiras nos estádios, como também muitas poltronas na sala ficaram vazias na temporada passada. A emissora pública SF2 teve, em média, 252 mil espectadores nos sete jogos transmitidos ao vivo – cerca de 100 mil a menos por jogo do que na temporada 2007/08.

Geraldo Hoffmann, swissinfo.ch (com agências)

Público na Super League

Número de torcedores nos estádios durante o campeonato da primeira divisão do futebol suíço na temporada 2008/2009 (média de fãs por partida em casa):

1. FC Basileia: 21.043
2. Young Boys: 17.984
3. FC Zurique: 9.796
4. FC Sion: 9.383
5. FC Lucerna: 8.074
6. Grasshoppers: 6.497
7. FC Aarau: 5.583
8. Xamax FC: 5.086
9. Bellinzona: 4.011
10. FC Vaduz: 2.176

Total de fãs: 1.614.089
Média por partida: 8.967

Fonte: Liga Suíça de Futebol

Aqui termina o infobox
(swissinfo.ch)


Links

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

×

Destaque