Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Camponesa suíça trabalha 70 horas por semana.

Fazendeiras trabalham 70 horas por semana (foto: swiss-image)

Mulheres suíças que trabalham no campo não têm praticamente férias. Para muitas, uma semana é o período máximo de descanso anual.

A maior parte delas é pessimista em relação ao futuro da agricultura na Suíça. Muitas vêem seu papel principal na família.

Não só os homens pegam no pesado nas fazendas suíças. Também as mulheres são requisitadas no dia-a-dia do campo.

Uma pesquisa intitulada "O Papel da Mulher da Economia Rural", foi publicada nessa semana pelo Departamento Federal de Agricultura da Suíça. Ela mostra que as mulheres do campo trabalham mais de 70 horas por semana.

Ao todo, foram entrevistadas 880 fazendeiras e trabalhadoras rurais de toda a Suíça. Elas responderam a perguntas relativas ao seu trabalho e vida privada.

Muitas têm apenas uma semana de férias

Apesar da maior parte delas encontrar tempo para a família e o seu cônjuge, aspectos importantes da vida acabam sendo relegados, como a atenção dispensada aos amigos, lazer e o cuidado consigo próprio.

Mais da metade das entrevistadas declarou que tem menos de uma semana de férias por ano. Apenas uma, de quatro trabalhadoras rurais, consegue ter mais de uma semana. Alem da falta de tempo, elas reclamam também da falta de dinheiro.

O pessimismo sobre o futuro

A perspectiva profissional foi outro quesito levantado na pesquisa. A maior parte das entrevistadas vê com ceticismo o destino da sua propriedade rural e com muito pessimismo o futuro da agricultura na Suíça.

As mulheres do campo vêem sua importância sobretudo na maternidade e no trabalho doméstico. A maior parte delas é casada. De nove, quatro de nove fazem "bicos", além do próprio trabalho no campo. Para elas, esse dinheiro é importante na renda familiar. A maioria das camponesas tem originalmente outras profissões fora do setor agrário. O resto faz sua formação nas escolas de fazendeiras da Suíça.

Mais da metade vêm do campo

Cerca de 60% delas têm origem no próprio meio rural. No caso das mais jovens, esse numero é mais reduzido. Seus futuros maridos são encontrados na própria região, onde elas residem.

Uma típica família rural na Suíça é composta apenas pelo casal e seus filhos. Apenas uma, em cada 20 fazendas suíças, é habitada coletivamente por vários membros da família. O mais comum é que parentes morem na mesma fazenda, porém em casas separadas.

swissinfo/Alexander Thoele


Links

×