Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Cara Suíça "Não posso sair de férias no meu próprio país"

Muitos suíços do estrangeiro não conseguem mais visitar sua terra natal durante as férias. O motivo: os preços altos e a valorização do franco. É o que revela os comentários recebidos como resultado de um artigo sobre a crise do turismo na Suíça publicado por swissinfo.ch.

Alphornbläser und Schwinger vor dem Eiger im Berner Oberland

Apesar de belas paisagens e excelente reputação, os turistas estão evitando a Suíça como destino.

(Jungfrau Region, swiss-image.ch)

Um artigo sobre as razões para a crise do turismo na Suíça desencadeou uma onda de comentários no Facebook. Os preços exorbitantes são a principal razão dada pelos turistas que estão dando as costas para a bela Helvécia. Até os suíços do estrangeiro queixam-se de não conseguirem mais colocar os pés em sua terra natal.

J.H.: "Como suíça do estrangeiro, eu nunca poderia pagar umas férias no meu país se eu não tivesse o meu pai lá. Quando ele se for, eu acho que os outros membros da família não poderão nos ajudar financeiramente. Acho que é muito lamentável, porque perco cada vez mais a ligação com a Suíça, e, claro, os meus filhos também."

H.U.: "A Suíça é muito cara. Isso me deixa louco quando vejo os preços. Não posso mais me oferecer umas férias na Suíça, que é, no entanto, o meu país."

Suíça no coração - e no apartamento.

(zVg)

M.B.: "Apesar de emigrantes suíços, quase não vamos mais à Suíça. É simplesmente muito caro quando se compara o nível de preços com a França, Alemanha, Itália, Espanha, Irlanda, Grécia, Eslováquia, Romênia, Portugal, Malta..."

H.P.: "Quando criança (em 1963), eu sempre ia para a Suíça. Ainda é o meu destino de sonho. Infelizmente, eu não posso mais me permitir tirar férias na Suíça - em comparação com o euro, o franco está muito forte. Eu moro em Colônia, mas mantenho uma parte da Suíça em meu coração."

Por que não se vem mais

R.W.: "É definitivamente muito caro. Nos anos 70 e 80, um franco suíço valia cerca de um marco alemão, o que corresponde a 50 centavos de euro. Hoje, um franco suíço vale o dobro."

T.K.: "A natureza é linda, estradas bem conservadas, tudo é alcançável rapidamente. Para o cidadão comum, no entanto, é muito caro."

T.L.: "Será que vocês estão tão isolados em seu país sublime que nem notam que a vida é cara para um pobre francês. Seus vizinhos austríacos marcam pontos."

U.i.B.: "Aqui, uma cerveja custa entre 0,50 e 1 dólar e cervejarias ainda são milionárias..."

W.D.: "Esta é a linha de frente de uma questão de custo para os turistas que visitam a Suíça. Chegamos a um ponto em que nós simplesmente não podemos se dar ao luxo de vir aqui."

P.J.: "Se você tem que trabalhar quatro horas na Alemanha para o equivalente a uma hora de trabalho na Suíça, então não vou tirar férias na Suíça."

E.F.B.: "Infelizmente é caro demais para o cidadão europeu médio!"

M.M.: "A Suíça é linda, mas muito cara. Uma pizza Margherita custa 20 francos, é quase 19 euros, contra 3,5 a € 4 na Itália ou na Alemanha..."

A felicidade está em outro lugar...

R.d.R.: "A Grécia e a Espanha são mais baratas. Os alemães vão por 30 euros e uma hora de voo para Formentera".

J.V.: "Três dias em Zurique e Lucerna custam tanto quanto uma semana nas Maldivas."

M.M.: "Um café em uma área de descanso da estrada custa seis francos. E também temos que pagar para o banheiro. A Suíça é muito bonita, mas inacessível."

W.a.d.P.: "Até os suíços vão para a Áustria para esquiar..."

Não é só os preços excessivos que são criticados, mas também a falta de qualidade, falta de imaginação culinária e a relação qualidade-preço.

M.S.: "Além do preço, há também um problema de qualidade. No sul do Tirol, a gente mergulha na tradição e nos sabores das montanhas, na Suíça no leite em pó, polenta instantânea, rosti pré-cozido, cerveja industrial e caldo pronto."

S.C.B.: "Eu não vou, porque a Suíça é cara e o serviço deixa muito a desejar em termos de gentileza e simpatia."

D.G.: "A arquitetura é catastrófica para o que é após 1950. A gastronomia carece de imaginação e as atrações culturais não são lá essas coisas. É difícil convencer meus amigos do exterior. Nossos vizinhos se saem melhor."

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português


Adaptação: Fernando Hirschy

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

×

Destaque