Navegação

Menu Skip link

Subsites

Funcionalidade principal

Cartões eletrônicos falsos aumentam

Sigilo sobre senha ajuda a evitar o crime cibernético [www.Econsumer.gov]

Na Suíça, a falsificação de cartões já totaliza 50% dos abusos com "dinheiro de plástico", num momento em que o negócio eletrônico se generaliza.

Como acontece nos países emergentes e industrializados são cada vez mais intensas as transações pela Internet. Na Suíça, por exemplo, a generalização do pagamento de serviços, impostos e produtos de consumo coincide com abusos dos cartões de crédito eletrônicos.

Justiça condena "clonagem"

No País, segundo as 4 empresas que emitem esses cartões, mesmo se aumentaram nos últimos anos, os abusos não são superiores a 1% das operações efetuadas. Apenas 5 a 7% dos casos estão diretamente relacionados com pagamentos eletrônicos.

Muito mais freqüente é a falsificação dos cartões de crédito, que totaliza a metade dos abusos.

Já houve casos levados a justiça que, faz poucos meses, em Lugano, condenou a 18 meses de prisão sete pessoas por "clonagem" de cartões.

Assinatura eletrônica

Especialistas estimam que os abusos no setor ainda não são preocupantes na Suíça. E mesmo com o aumento, o Parlamento debate lei federal sobre "reconhecimento de assinaturas eletrônicas".

O sistema de "firmas digitais", acrescido de programas de computador aperfeiçoados deve pelo menos contribuir para a segurança do comércio eletrônico e da utilização de cartões de crédito.

Organizações de defesa dos consumidores alertam, porém, que nenhuma "assinatura eletrônica" poderá evitar o "cibercrime". Enquanto isso, as empresas que emitem cartões não parecem manifestar interesse em defender os usuários enquanto os abusos não atingirem índices mais inquietantes.

swissinfo


Links

×