Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Castelos de Bellinzona são patrimônio histórico mundial

Vista noturna do Castelo de Montebello, em Bellinzona.

Os três castelos de Bellinzona, sul da Suíça, entram para a lista dos monumentos classificados como patrimônio da humanidade pela UNESCO.

A decisão foi tomada pelos delegados da Unesco reunidos em Cairns, Austrália. É o 4° monumento suíço tombado.

As fortaleza de Bellinzona, na Suíça de língua italiana, foram escolhidas como exemplo único de arquitetura militar medieval. 500 monumentos de 180 países concorriam à menção e 61 foram classificados como patrimônio natural ou histórico e cultural da humanidade pela Unesco, Organização das Nações Unidas para Educação e Cultura. A lista da Unesco tem agora 691 escolhidos, em 122 países.

Com a escolha dos delegados da Unesco, a Suíça passa a contar com 4 monumentos selecionados. Os outros três são o centro histórico de Berna, a abadia de St-Gallen (região norte) e o monastério de Münstair, no estado de Grisões (região leste).

As construções atuais começaram no século XIV (1.300) e eram muito importantes estrategicamente, entre o norte e sul da Europa. Posteriormente perderam a função estratégica e os edifícios se degradaram.

Foram restaurados em 1920, 1950, 1982 e 1992. Atualmente abrigam museus, salas de conferência, exposições, recepções etc.

swissinfo com agências.




Links

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

×