Navigation

Ceticismo contra vacina para Covid-19 aumenta na Suíça

As autoridades sanitárias suíças dizem que a segurança é crucial para uma vacina na Suíça. © Keystone/Christian Beutler

As pessoas na Suíça parecem estar cada vez menos dispostas a serem vacinadas contra o coronavírus, de acordo com uma nova pesquisa.

Este conteúdo foi publicado em 30. novembro 2020 - 07:15
swissinfo.ch/fh

Uma pesquisa online publicada na sexta-feira em nome do Ministério da Saúde constatou que 49% dos entrevistados disseram que concordariam com uma vacinação.

O número caiu de mais de 60% em março e abril.

O instituto de pesquisa SotomoLink externo, que realizou a pesquisa, disse que a perda de confiança em uma vacinação era "problemática".

Mais de 1.600 pessoas participaram da pesquisa, que foi realizada entre 22 e 28 de outubro.

Próximo ano

O Ministro do Interior Alain Berset disse na quinta-feira que uma campanha de vacinação na Suíça poderia começar "no início do próximo ano". Ele reiterou que não haveria nenhuma obrigação para a população de ser vacinada.

De acordo com Berset, o governo pretende fazer uma vacinação gratuita, com contribuições financeiras das autoridades nacionais e cantonais, assim como das companhias de seguro de saúde.

Ele disse que a campanha de vacinação planejada é o "maior desafio logístico já enfrentado pelo sistema de saúde suíço".

Um alto funcionário da saúde expressou entendimento sobre o crescente ceticismo em relação a uma vacina contra a Covid-19.

Nora Kronig, diretora adjunta do Ministério da Saúde, disse que segurança e transparência eram fundamentais para o fornecimento de uma vacina na Suíça.

Segundo ela, qualquer vacina teria que ser testada e aprovada.

O governo tem contratos com três empresas internacionais para o fornecimento de vacinas.

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch.

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.