Navigation

Esqueleto de dinossauro é leiloado em Genebra

A casa de leilões Piguet, em Genebra, vendeu um dinossauro de 70 milhões de anos chamado Maximus como parte de uma rara coleção de paleontologia.

Este conteúdo foi publicado em 26. setembro 2019 - 07:45
A coleção também incluiu um dente de 15,7 cm de um Megalodon, uma espécie extinta de tubarão gigante sda-ats

O esqueleto de Maximus mede três metros de comprimento e está em excelente estado. O dinossauro foi vendido por CHF225.000 ($227.000) para um colecionador suíço, de acordo com o diretor da casa de leilões Bernard Piguet. Ele tinha sido avaliado entre CHF200.000 e CHF300.000.  

O esqueleto do dinossauro pode ser rapidamente desmontado e montado novamente, como um kit de brinquedo. Todas as peças são numeradas e, quando desmontadas, podem caber numa mala.  

Vários curiosos apareceram para assistir à venda, realizada na terça-feira (24).  

O leilão foi realizado em um salão e por telefone, com interesse também de alguns potenciais compradores no exterior. Enquanto Maximus era a estrela, a coleção também incluía vários outros fósseis que foram vendidos por quantias mais modestas. Por exemplo, o dente de um Tiranossauro Rex vendido por CHF3.700, e um ovo de dinossauro fossilizado por CHF2.700.  

A pessoa que pôs à venda todos esses itens pré-históricos é um fã de paleontologia que decidiu vender parte de sua coleção para continuar a financiar sua paixão, de acordo com Piguet. 

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.