Perspectivas suíças em 10 idiomas

Pesquisadores suíços decodificam receptor de células em metástases de câncer

scientist
Os tumores secundários chamados metástases são responsáveis por cerca de 90% das mortes em pacientes com câncer © Keystone / Gaetan Bally

Pesquisadores na Suíça decifraram a estrutura de um receptor celular, abrindo novas esperanças para a prevenção de metástases de certos cânceres.

Em um estudo publicado na revista médica CellLink externo na quinta-feira (22), pesquisadores do Instituto Paul Scherrer em parceria com a empresa farmacêutica suíça Roche conseguiram decifrar a estrutura do receptor de quimiocina 7 (CCR7) – uma proteína de membrana especial que ajuda os glóbulos brancos a viajar pelo corpo.

Receptores como o CCR7 podem interagir com mais de 40 proteínas de sinalização, as chamadas quimiocinas, que causam a movimentação das células. As células cancerosas podem usar o receptor para guiá-las para o sistema linfático, espalhando o câncer por todo o corpo. Estes tumores secundários chamados metástases são responsáveis por cerca de 90% das mortes em pacientes com câncer.

Com essa descoberta, os pesquisadores estabeleceram uma base fundamental para o desenvolvimento de um medicamento que impeça a metástase em determinados tipos de câncer predominantes, tais como o câncer colorretal.

Colaboração científica

Para descobrir a estrutura do receptor, os pesquisadores usaram a cristalografia de raios X do Swiss Light SourceLink externo, um acelerador de partículas criado em 2001 que fornece feixes de fótons de alto brilho para pesquisa em ciência dos materiais, biologia e química.

Com informações sobre a estrutura precisa do receptor, os pesquisadores foram capazes de identificar uma molécula que bloqueia o receptor e, assim, impede que um sinal seja transmitido para a célula.

“Nossos experimentos mostram que a molécula artificial, dentro da célula, se liga ao receptor. Isso impede que a reação em cadeia que leva à migração celular comece”, explicou Steffen Brünle, pesquisador de pós-doutorado do instituto, que fez parte da equipe de estudo.

Usando a estrutura do receptor, os cientistas da Roche buscaram agentes em seu banco de dados de milhões de moléculas que poderiam potencialmente bloquear a proteína sinalizadora. Isso levou à identificação de cinco possíveis compostos que poderiam ser usados para desenvolver medicamentos contra o câncer.

O Instituto Paul Scherrer faz parte da rede de institutos federais de tecnologia da Suíça e é o maior instituto de pesquisa do país, empregando 2.100 pessoas. Seu orçamento anual é de aproximadamente 407 milhões de francos.

swissinfo.ch/fh

Notícias

Imagem

Mostrar mais

Mercado brasileiro de café atrai Nestlé

Este conteúdo foi publicado em Por meio de sua marca Nescafé, a empresa está focando especialmente nas necessidades e desejos do mercado jovem.

ler mais Mercado brasileiro de café atrai Nestlé
Imagem

Mostrar mais

FIFA abre portas para sair da Suíça

Este conteúdo foi publicado em A entidade máxima do futebol internacional lançou as bases formais para uma saída teórica de sua sede em Zurique.

ler mais FIFA abre portas para sair da Suíça
Imagem

Mostrar mais

Suíça introduz banco de dados para passageiros aéreos

Este conteúdo foi publicado em A Suíça planeja introduzir um banco de dados para os passageiros de voos para coletar e processar dados pessoais em uma tentativa de combater o terrorismo e crimes graves.

ler mais Suíça introduz banco de dados para passageiros aéreos
Imagem

Mostrar mais

Gel suíço pode curar embriaguez

Este conteúdo foi publicado em Um gel recém-desenvolvido composto de proteínas de soro de leite decompõe o álcool no corpo e pode reduzir seus efeitos nocivos e intoxicantes em humanos.

ler mais Gel suíço pode curar embriaguez

Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch.

SWI swissinfo.ch - sucursal da sociedade suíça de radiodifusão SRG SSR

SWI swissinfo.ch - sucursal da sociedade suíça de radiodifusão SRG SSR