Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Obra pioneira O teleférico mais íngreme do mundo está pronto


O novo funicular de Stoos

O novo funicular de Stoos, no cantão de Schwytz, é - como seu antecessor - o mais íngreme do mundo. A partir de hoje, ele entra em operação novamente após cinco anos de reforma.

(Keystone)

Existem mais de 500 teleféricos na Suíça. O mais novo é o Stoosbahn no cantão de Schwyz, que lida com uma inclinação de 110 por cento, um feito pioneiro de engenharia - e design.

Em 16 de dezembro de 2017 será inaugurado o funicular mais íngreme do mundo. A trilha de 110 metros, medida horizontalmente, sobe pouco mais de 100 metros, o que corresponde a um gradiente de 110 por cento. O trem foi projetado para que as cabines girem suavemente segundo a inclinação, de modo que os passageiros fiquem sempre na horizontal. Mas a Suíça tem muitos outros teleféricos que impressionam.

Os teleféricos, na definição mais precisa, sâo aqueles pendurados no ar, mas também podem ser na forma de bondinhos com trilhos - então chamados mais comumente de funiculares. O único critério comum é que ele precisa de uma corda. Por exemplo, os famosos bondes de São Francisco (EUA) são na verdade teleféricos. Outros exemplos são as ferrovias puxadas por tração ou os "lifts" de esqui. Se somarmos os lifts, teleféricos e os funiculares, a Suíça tem quase 2500 instalações. Se descartarmos os lifts de esqui, são ainda mais de 500 teleféricos no país.

swissinfo.ch e SRF

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.