Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Cientistas desvendam mistério do sono

Pela primeira vez equipe de pesquisadores da Universidade de Genebra identificou os neurônios do sono. A descoberta, publicada dia 27/4 na prestigiosa revista "Nature" pode abrir perspectivas para soníferos mais eficazes e sem efeitos secundários.

(Foto: neurônio do sono. Fonte desconhecida).

A equipe de pesquisadores chefiados pelo Prof. Michel Mühlethaler, da Universidade de Genebra, conseguiu identificar e estudar os neurônios que comandam o sono utilizando em laboratório cérebro de ratos.

Segundo Mühlethaler foi possível determinar as células nervosas que desencadeiam o sono e o despertar. "Elas se inibem mutuamente", realça o professor.

Segundo ele os neurônios do sono têm forma triangular e sua atividade pára quando são influenciados pela noradrenalina, acetilcolina e serotonina, substâncias que mantêm desperto o sistema nervoso.

O que se especula é sobre as repercussões dessa descoberta qualificada de importante.

A conseqüência mais previsível é que se fabriquem, a longo prazo, soníferos mais eficazes e menos nocivos, ou seja com menos efeitos secundários.

swissinfo com agências.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.