Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Construção naval Gigantes suíços dos mares eclodem no Vietnã

Com suas 87.000 toneladas de carga, o “Tzoumaz”, o “Diavolezza” e o “Bregaglia” são os maiores navios de carga já construídos sob encomenda da frota marítima suíça. O jornalista Olivier Grivat e o fotógrafo Mike Gorsky visitaram o estaleiro naval de Nha Thrang, onde esses navios tomaram forma em 2015.

Esse livro “Marinha suíça: 75 anos nos oceanos” mostra bem mais do que uma visão histórica da existência do pavilhão suíço. Vários capítulos são dedicados a reportagens em alto mar ou em lugares estratégicos da navegação marítima mundial, a exemplo dos canais do Panamá e de Suez. Os dois autores, Olivier Grivat e Mike Gorsky, também se introduziram no porto vietnamita de Nha Thrang, que abriga em seus cais meia dúzia de enormes navios em construção.

Entre eles estão três navios de carga encomendados pela Suisse-Atlantique, uma empresa que gere a maior frota comercial de navios com pavilhão suíço. Com dimensões descomunais – 240 metros de comprimento, ou seja, entre dois a três campos de futebol, e 38 metros de largura – esses navios de tipo “Postpanamax” são talhados sob medida nas dimensões das novas eclusas do canal do Panamá, cuja inauguração é prevista em 2016.

Não é or acaso se o Vietnã foi escolhido pelo armador suíço. Com sua mão de obra barata e cada vez mais eficaz, o “dragão emergente” do sudeste asiático tornou-se na última década um os principais construtores navais do mundo. 

Texto: Samuel Jaberg


Palavras-chave

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Siga-nos no Instagram

Siga-nos no Instagram

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.