Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Contra a corrente FMI aumenta previsão de crescimento econômico da Suíça

Homem com camisa da bandeira da China queima pôsteres

A ameaça crescente de guerra comercial entre os EUA e a China está afetando as perspectivas de crescimento econômico no médio prazo. 

(Copyright 2018 The Associated Press. All rights reserved.)

A economia suíça tende a crescer 3% até o final deste ano, segundo o Fundo Monetário Internacional (FMI). Em abril, a organização previu que o Produto Interno Bruto (PIB) da Suíça aumentaria 2,3%.

Enquanto isso, a previsão para o crescimento econômico global foi diminuída de 3,9% para 3,7% para o período 2018-2019, afirmou o FMI nesta terça-feira. A razão para o sentimento menos positivo é a contínua ameaça de guerras comerciais envolvendo os Estados Unidos, a possibilidade de um Brexit sem acordo com a União Europeia, um crescimento mais lento do que o esperado na UE e a volatilidade em algumas economias emergentes.

A Suíça mantém sua tendência graças à sua relativa estabilidade e melhores condições comerciais entre as empresas. No mês passado, o governo suíço anunciou que o PIB (Produto Interno Bruto) previsto para 2018 subiu para 2,9%, contra a previsão anterior de 2,4%. O Institito Econômico Suíço (KOF) também publicou uma estimativa mais positiva nos últimos dias.

Mas a precária relação política da Suíça com a União Européia, além de vários outros focos de tensão globais envolvendo outros países, impediu que os futurologistas econômicos abrissem garrafas de champanhe.

O FMI também acha que a economia suíça pode desacelerar a partir do próximo ano, seguindo uma queda no crescimento do PIB global. Na terça-feira, a previsão para 2019 caiu de 2% para 1,8%, e estima-se um crescimento médio de 1,7% até 2023.


swissinfo.ch/ets

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.