Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Copa Davis: Rússia dá de 3 a 2 na Suíça

Michel Kratochvil tremeu nos momentos decisivos

(Keystone)

Com essa placar, no fim de semana, a Suíça está condenada à repescagem em setembro.

A Suíça passou perto da proeza de derrotar a Rússia que conta na sua equipe dois jogadores do "top 10" (dez melhores): Marat Safin e Yevgueni Kafelnikov. Mas falhou em momentos decisivos.

Apenas Roger Federer, n° 1 suíço, deu conta do recado, vencendo as duas feras russas. Já em dupla, secundado por Marc Rosset, não mostrou o mesmo desempenho. E Rosset continua em fase ruim...

Quanto a Michel Kratochvil - ainda inexperiente - ele teve um chance de concluir a partida contra Kafelnikov mas fracassou. E no último jogo, decisivo, contra Safin, não conseguiu superar o nervosismo e a forte pressão.

Lógica

Os resultados têm portanto certa lógica:

- Federer vence Safin em 3 sets, parciais de 7-5, 6-1, 6-2
- Kafelnikov derrota Kratochvil 6-3, 4-6, 1-6, 7-6, 6-2
- Safin/Kafelnikov vencem Federer/Rosset 6-2, 7-6, 6-7, 6-2
- Federer ganha de Kafelnikov 7-6, 6-1, 6-1
- Safin bate Kratochvil 6-1, 7-6 e 6-4.

Repescagem em setembro

Para ficar no Grupo Mundial, reunindo as 16 melhores equips do mundo, a Suíça está condenada agora (como o Brasil que perdeu de 4 a 1 da República Checa) a disputar a repescagem de 20 a 22 de setembro.

Disputas das das quartas-de-final da Copa Davis:

França - República Checa
Espanha - Estados Unidos
Rússia - Suécia
Croácia - Argentina.

Swissinfo


Links

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

×