Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

De casa à casa Atlas mundial dos lugares suíços

A Suíça não é o único lugar no mundo onde existem cidades chamadas Berna, Zurique ou Genebra. Nos séculos passados imigrantes suíços instalaram-se em outros continentes e deram nomes conhecidos às colonizações, que posteriormente se tornaram também localidades.

A jornalista Petra Koci ficou fascinada ao descobrir quantos lugares existem com referências suíças e decidiu procurá-los. Ela viajou por várias partes do mundo e publicou posteriormente o livro "Atlas Mundial dos Lugares Suíços".

A história dos lugares "suíços" não poderia ser mais diversa. Alguns deles se transformaram em cidades prósperas, orgulhosas das suas ligações com a Suíça. Já outras perderam suas conexões helvéticas.

Berna, nos EUA, tem até um modelo do Zytglogge, a famosa torre de relógio em Berna, na Suíça.

Duas cidades de língua italiana deram seus nomes a lugares muito diferentes. Villa Lugano é um bairro em Buenos Aires, onde a única lembrança da Suíça é sua estação de trem construída em estilo suíço. Já Locarno Springs é parte de um assentamento rural na Austrália, onde muitos descendentes de famílias ainda vivem como no Ticino suíço.

Na Argélia, uma aldeia chamada St. Maurice mudou completamente o nome. Nela, apenas alguns edifícios sugerem a presença suíça. As aldeias estabelecidas pela Suíça ao longo do Volga também perderam seus nomes - mas mantiveram alguns elementos das suas origens. Basileia é agora Vasilyevka (Vasiliy é o equivalente russo do nome Basil ) e Unterwalden é Podlesnoye - os dois com o mesmo significado, ou seja, "sob a floresta".

E o mais estranho local foi "Zurique" na Holanda, que não tem nenhuma ligação suíça. O nome é derivado de uma antiga palavra do dialeto que significa "margem sul".

Fotos: Benno Gut. Autora: Petra Koci. "Atlas Mundial dos Locais Suíços" (Weltatlas der Schweizer Orte). Editora Limmat, 2013.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Conteúdo externo

Viver e trabalhar nas montanhas graças à internet

Viver e trabalhar nas montanhas graças à internet

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.