Idoso suíço atravessa deserto ártico com perna falsa

Um guia de montanha suíço de sessenta anos tornou-se a primeira pessoa com uma perna protética a completar uma volta pela Groelândia Oriental. (RTS/swissinfo.ch)

Este conteúdo foi publicado em 18. maio 2017 - 12:15
swissinfo.ch/fh

Rey (Reto) Keller, do cantão dos Grisões (leste), tinha previsto percorrer uma volta de 200 km, mas a viagem foi encurtada pelo mau tempo e fiordes difíceis de atravessar. No final, ele e sua equipe fizeram 150 km.

A expedição foi realizada a pé, de barco e em esquis. Keller, de 62 anos, teve que arrastar um trenó pesando 45kg. Preparou-se para a expedição fazendo 20 km por dia em esquis, puxando um trenó.

Em 2003, a perna esquerda de Keller foi amputada acima do joelho após um acidente nas montanhas. Sua volta na Groenlândia destinava-se a encorajar outras pessoas com deficiências físicas a não se limitarem.

Keller não é nenhum estranho aos desafios esportivos. Em 1987, ele cruzou o Himalaia em esquis. Ele morou no Canadá durante os últimos 20 anos e ganha a vida acompanhando amantes da natureza em expedições de montanha.


Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo