Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Visão aérea de cidade atingida por enchentes e deslizamentos em Khagrachari, Bangladesh. 13/06/2017 REUTERS/REUTERS TV

(reuters_tickers)

Por Ruma Paul e Zarir Hussain

DACA/GUWAHATI, Índia (Reuters) - Fortes chuvas provocaram uma série de deslizamentos e enchentes em Bangladesh e na vizinha Índia, deixando ao menos 156 mortos ao longo de dois dias, e autoridades alertaram nesta quarta-feira que o número de vítimas pode aumentar.

A muito populosa Bangladesh é abalada por tempestades, enchentes e deslizamentos de terra a cada temporada de chuvas. As mortes mais recentes acontecem algumas semanas depois que o ciclone Mora deixou ao menos 7 mortos e danificou dezenas de milhares de casas na região.

Os deslizamentos atingiram três distritos montanhosos no sudeste de Bangladesh na manhã de terça-feira, matando 100 pessoas em Rangamati, 36 em Chittagong e seis em Bandarban, disse Reaz Ahmed, chefe do departamento de gerência de desastres.

Novos deslizamentos nesta quarta-feira mataram uma pessoa no distrito de Khagrachari e dois na cidade costeira de Cox's Bazar, acrescentou.

A cidade que fica na fronteira com Mianmar abriga milhares de refugiados muçulmanos rohingya e estava começando a se recuperar do ciclone Mora.

Ahmed disse que muitas pessoas ainda estão desaparecidas nos distritos atingidos pelos deslizamentos e que o número de mortes pode aumentar, na medida que as equipes de resgate procuram por corpos. O número de vítimas inclui quatro soldados que ficaram presos por um deslizamento durante uma operação de resgate em Rangamati, acrescentou.

Reuters