Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Dois terços dos suíços contra adesão à UE

Suíços continuam rejeitando adesão à UE

(Keystone)

Parece que os suíços distinguem claramente os acordos bilaterais da adesão à União Européia. Apesar de terem aprovado os acordos econômicos por ampla maioria (67,2 p/cento), uma pesquisa divugada quinta-feira indica que dois terços rejeitam a adesão.

A pesquisa, encomendada pela revista "Hebdo" e pela Rádio suíça de língua francesa realizada pelo Instituto e realizada pelo Instituto MIS indica que somente 35,4 p/cento dos suíços aprovariam a adesão à União Européia. 61,8 p/cento votaria contra a adesão e 2,8 p/cento dos pesquisados estavam indecisos.

Em referendo popular no último final de semana, o eleitorado aprovou 7 acordos econômicos bilaterais que a Suíça negociou com a UE. No referendo, só dois estados rejeitaram os acordos, Tecino e Schwytz.

Contrariamente aos acordos bilaterias a pesquisa, feita depois do referendo, revela que as regiões continuam muito divididas na questão da adesão à UE. A adesão seria aprovada por 58,1 p/cento na Suíça de língua francesa e apesas 28,1 p/cento na Suíça de língua alemã.

A questão também é de atual porque uma Comissão da Câmara dos Deputados decidiu apoiar a iniciativa popular "sim à Europa", exigindo que a Suíça reative seu pedido de adesão à UE até 2003. O governo combate essa idéia e vai apresentar um contra-projeto prevendo que o pedido de adesão será feito "em momento oportuno".

swissinfo com agências

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Longform The citizens' meeting

Teaser Longform The citizens' meeting

advent calendar

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.