Navigation

Autoridades suíças procuram proprietário de barras de ouro deixadas em trem

Apesar de todo o esforço das autoridades, não foi possível encontrar o legítimo proprietário. © Keystone / Christian Beutler

Um pacote de barras de ouro no valor de CHF182.000 ($191.743) foi deixado para trás em um trem em outubro de 2019. 

Este conteúdo foi publicado em 17. junho 2020 - 07:15
swissinfo.ch/fh

Um anúncio publicado no jornal do cantão de Lucerna (centro) convida o proprietário das barras de ouro a se apresentar e reivindicá-las. O precioso pacote foi encontrado em um trem da cidade suíça de St. Gallen (nordeste) para Lucerna, em outubro passado. 

Apesar de todo o esforço das autoridades, o legítimo proprietário não pôde ser encontrado. As barras de ouro foram posteriormente confiscadas pelo Ministério Público de Lucerna. O proprietário tem cinco anos a partir da data do confisco para fazer valer o direito sobre as barras de ouro. 

O serviço centralizado de achados e perdidos da Companhia Ferroviária Federal suíça (CFF) recebe cerca de 300 objetos por dia que foram esquecidos nos trens. O objeto perdido mais valioso continua sendo um violino Stradivarius de 1727 esquecido em 2012. Na época, foi estimado em 2,4 milhões de euros (CHF2,6 milhões).


Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.