Navigation

Os maiores espigões da Suíça vão "crescer" na Basileia

Herzog & de Meuron

O escritório de arquitetura suíço Herzog & de Meuron deve construir três novos blocos de apartamentos na Basileia, os mais altos edifícios residenciais do país.

Este conteúdo foi publicado em 13. dezembro 2017 - 09:22

Os apartamentos residenciais ficarão na parte norte do Dreispitz Areal, em Basileia.

A área deve ser transformada em um novo bairro com usos residenciais, educacionais e recreativos. As três torres residenciais tubulares com alturas entre 135-160 metros serão construídas ao longo da ferrovia. Mais edifícios residenciais de baixa elevação serão construídos na direção do centro da cidade. O projeto inclui um total de 800 novos apartamentos.

A transformação da antiga zona franca de Dreispitz em um bairro urbano de uso misto é um dos maiores desenvolvimentos urbanos da Basileia desde o início do século XXI. Os custos de investimento são estimados em cerca de 800 milhões de francos.

Herzog & de Meuron também projetou o prédio mais alto da Suíça, a Roche Tower, de 178 metros de altura, também na Basileia.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.