Navigation

Reator nuclear mais velho do mundo volta à atividade

O bloco de reatores 1 da usina nuclear de Beznau pode ser reativado após um período de encerramento de três anos para reparos, informou a Inspetoria Federal Suíça de Segurança Nuclear.

Este conteúdo foi publicado em 06. março 2018 - 12:30
SDA-ATS
A usina nuclear de Beznau, no cantão da Argóvia, é a mais antiga da Suíça Keystone

Construída em 1969, a instalação de Beznau, no cantão da Argóvia, é a mais antiga usina comercial de energia nuclear do mundo. Ela estava fora de serviço desde março de 2015, quando algumas anomalias foram encontradas em seu gerador de vapor.

As autoridades de segurança agora dizem que o reator não apresenta nenhum risco de segurança.

Beznau é um dos dois reatores que foram fechados para verificar a qualidade dos componentes de aço usados em seus geradores de vapor. O reator de Beznau II foi construído em 1971.

A Suíça possui cinco reatores de energia nuclear que geram cerca de 34,5% das necessidades energéticas do país. Ela usa energia nuclear para produzir eletricidade e para pesquisa em diversas áreas.

Em maio de 2017, os eleitores suíços aprovaram uma nova lei de energia que visa promover a energia renovável, proibindo novas usinas nucleares e reduzindo o consumo de energia.

A usina nuclear de Mühleberg, perto de Berna, construída em 1972, será desativada em 2019, de acordo com as operadoras da usina.

swissinfo.ch

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.