Navigation

Hoje é novamente o fim do mundo

Lisa Schäublin/NMBE

Uma nova exposição no Museu de História Natural de Berna retoma o velho tema do fim do mundo. Catástrofes naturais, desastres causados pelo homem, como guerras ou destruição ambiental, proporcionam terreno fértil para medos e interpretações.

Este conteúdo foi publicado em 10. novembro 2017 - 15:47
swissinfo.ch, swissinfo.ch

A exposição "Weltuntergang – Ende ohne Ende"Link externo (Fim do Mundo - Fim Sem Fim) mostra pinturas, obras de arte, achados e narrativas da ciência, cultura e arte. Eles são justapostos e desafiam uns aos outros. O conjunto de mudanças assim criado confronta os visitantes com suas próprias ideias e experiências. A exposição abrange uma vasta gama em sete espaços temáticos - desde a análise factual até profecias e especulações para o desejo de destruição.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.