Perspectivas suíças em 10 idiomas

Suíça entre os melhores países para se recuperar da crise do coronavírus

man home working with child
A Suíça tem um bom nível de flexibilidade de trabalho e boas conexões digitais que permitem que as pessoas trabalhem bem de casa. Keystone / Jean-christophe Bott

A Suíça está entre os países mais bem preparados para aguentar os efeitos da pandemia de Covid-19, embora nenhuma nação se saia ilesa, de acordo com o Fórum Econômico Mundial (WEF).

O país alpino se sai bem em vários dos indicadores utilizados em um relatório do WEF divulgado quarta-feira (16) em Genebra. Substituindo seu habitual Índice de Competitividade Global anual, o relatório do WEF sobre “como os países estão se saindo no caminho da recuperação” analisa “como as economias devem pensar no renascimento e transformação à medida que se recuperam e redesenham seus sistemas econômicos para melhorar o desenvolvimento humano e a compatibilidade com o meio ambiente”. 

A Suíça vem em terceiro lugar entre 40 países sobre a qualidade das instituições públicas e sobre políticas trabalhistas e de proteção social que podem ajudá-la a enfrentar novos desafios. Também está entre os mais bem preparados para uma economia digital que facilita o teletrabalho, segundo o relatório, que se baseia em uma pesquisa com os líderes empresariais. 

Outro fator positivo, de acordo com o WEF, é que a Suíça conseguiu planejar e ativar políticas sanitárias, fiscais e sociais que ajudaram a remediar melhor os efeitos da crise. 

Enquanto isso, um relatório separado da empresa de análise de telefonia móvel Opensignal coloca a Suíça entre os dez primeiros países pela qualidade das chamadas de vídeo em grupo, que segundo ela se tornaram imprescindíveis durante a crise do coronavírus. A Suíça vem em nono dos 75 países, de acordo com este relatório. Em primeiro lugar está o Japão, seguido pela Holanda e Coreia do Sul. A Argélia vem em último lugar entre os países analisados. 

Os mais discutidos

Notícias

imagem

Mostrar mais

Explosão em estacionamento causa dois mortos na Suíça

Este conteúdo foi publicado em As explosões, que começaram em um estacionamento subterrâneo, levaram a um grande incêndio e à necessidade de evacuar os residentes de um edifício.

ler mais Explosão em estacionamento causa dois mortos na Suíça
imagem

Mostrar mais

Suíças têm maior probabilidade de ter nível superior

Este conteúdo foi publicado em As mulheres jovens na Suíça têm agora mais probabilidade do que seus colegas homens de ter um diploma de nível superior, de acordo com o Departamento Federal de Estatística.

ler mais Suíças têm maior probabilidade de ter nível superior
imagem

Mostrar mais

Suíça quer dar primeiro passo para paz na Ucrânia

Este conteúdo foi publicado em A presidente da Suíça, Viola Amherd, espera que a primeira conferência de paz para a Ucrânia crie confiança e busque soluções para questões de segurança.

ler mais Suíça quer dar primeiro passo para paz na Ucrânia
imagem

Mostrar mais

Suíços querem viajar para longe do país

Este conteúdo foi publicado em A maioria dos suíços está planejando pelo menos uma viagem de férias este ano, apesar do aumento dos custos e da inflação.

ler mais Suíços querem viajar para longe do país

Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch.

SWI swissinfo.ch - sucursal da sociedade suíça de radiodifusão SRG SSR

SWI swissinfo.ch - sucursal da sociedade suíça de radiodifusão SRG SSR