Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Edifícios continuam vulneráveis

"A 600 graus o metal se plastifica. A 1000° C ele derrete"

(Keystone)

Não há metal que resista a fogo. Fogo prolongado. É o que se constatou em Nova York, com o desabamento das torres gêmeas do World Trade Center. Em entrevista ao jornal Le Matin, de Lausanne, arquiteto suíço explica...

Os arranha-céus, como o WTC - concebido para resistir a terremotos e mesmo a fogo (por certo tempo) - são vulneráveis, lembra François Iselin, do Departamento de Arquitetura da Escola Politécnica Federal de Lausanne.

Perigo começa a 600 graus

"A partir de 600 graus, o metal se plastifica", observa o arquiteto em entrevista ao diário Le Matin, de Lausanne (edição de quarta-feira 13/9). E "desde os 1000 graus, ele funde e se liquidifica".

A esse propósito, especialistas realçam que os materiais utilizados para evitar propagação de um andar a outro, resistem provisoriamente(duas horas, p. exemplo). Mas se o incêndio perdura, o material (anteriormente amianto, proibido, e hoje outros produtos) não resiste.

E uma constatação: edifício algum pode suportar o impacto e o choque de aviões, como o que ocorreu terça-feira, dia 11, em Nova York e em Washington.

swissinfo


Links

×