Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

EFTA fortalece comércio com países do Leste.

Brinde depois do acordo.

(Keystone)

Reunidos em Zurique, ministros da Associação Européia de Livre Comércio - EFTA - assinaram acordo de livre comércio com a Macedônia e decidiram incrementar as trocas com a Croácia e a Ucrânia. A EFTA costura também um acordo com o Canadá.

A Associação Européia de Livre Comércio - que reúne Islândia, Noruega, Suíça e o Principado de Liechtenstein - resolveu intensificar os intercâmbios comerciais com esses 3 países do ex-bloco soviético.

A EFTA negocia atualmente com 10 outros países sobre meios de fortelecer as trocas no setor do comércio.

As negociações estariam particularmente avançadas com o Canadá. Se um acordo bilateral for concluído será o primeiro entre a EFTA e um país do além-Atlântico.

Entre outros parceiros comerciais possíveis figuram o México e África do Sul, bem como numerosos países árabes do Mediterrâneo.

A EFTA representa pouco mais de 2 por cento do comércio mundial, tendo se enfraquecido com a saída de membros que aderiram à União Européia (Áustria, Dinamarca, Finlândia, Grã-Bretanha, Portugal e Suécia...). Representa porém papel importante em setores como produtos químicos, serviços financeiros, estaleiros e pesca.

Sediada em Genebra, a organização foi criada em 1960 como contrapeso à União Européia. HOje é peso pluma ao lado do bloco dos 15 países da UE.

swissinfo com agências.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.