Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Elefante vai nascer via Internet

Em meados de maio, o nascimento de um elefante no zoológico de Zurique será transmitido pela Internet. O objetivo é sensibilizar para a situação dos elefantes na Ásia. Os internautas podem acompanhar a gravidez e serão avisados da data do nascimento.

A mãe se chama "Ceyla-Himali", tem 25 anos, veio do Sri Lanka e mora no zoológico de Zurique desde os 8 meses de idade. O elefantinho que vai nascer em meados de maio será seu quinto filho e, pela primeira vez, a fase final da gravidez e o parto serão transmitidos pela Internet. O pai é "Maxi", único macho do zoológico.

Como Ceyla é asiática, o objetivo do zoológico é sensibilizar as pessoas para o problema dos elefantes no continente. Com o crescimento da população e a redução das reservas, o número de elefantes caiu pela metade em menos de um século, segundo especialistas. Atualmente, seriam entre 40 a 50 mil, 30 a 40 p/cento domesticados para vários tipos de trabalho.

Desde o início do século, 120 elefantes nasceram nos zoológicos europeus. Os veterinários do zoológico de Zurique ainda não sabem a data exata do nascimento do filho de Ceyla. Mas eles continuam a acompanhá-la diariamente e, quando souberem, vão avisar os internautas da data exata do nascimento.

swissinfo com agências.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.