Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Elefante vai nascer via Internet

Em meados de maio, o nascimento de um elefante no zoológico de Zurique será transmitido pela Internet. O objetivo é sensibilizar para a situação dos elefantes na Ásia. Os internautas podem acompanhar a gravidez e serão avisados da data do nascimento.

A mãe se chama "Ceyla-Himali", tem 25 anos, veio do Sri Lanka e mora no zoológico de Zurique desde os 8 meses de idade. O elefantinho que vai nascer em meados de maio será seu quinto filho e, pela primeira vez, a fase final da gravidez e o parto serão transmitidos pela Internet. O pai é "Maxi", único macho do zoológico.

Como Ceyla é asiática, o objetivo do zoológico é sensibilizar as pessoas para o problema dos elefantes no continente. Com o crescimento da população e a redução das reservas, o número de elefantes caiu pela metade em menos de um século, segundo especialistas. Atualmente, seriam entre 40 a 50 mil, 30 a 40 p/cento domesticados para vários tipos de trabalho.

Desde o início do século, 120 elefantes nasceram nos zoológicos europeus. Os veterinários do zoológico de Zurique ainda não sabem a data exata do nascimento do filho de Ceyla. Mas eles continuam a acompanhá-la diariamente e, quando souberem, vão avisar os internautas da data exata do nascimento.

swissinfo com agências.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.