Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Eleitores baixam salário de políticos

Vista de Zurique em festa

(Keystone)

Em referendo, domingo 21 de maio, os eleitores de Zurique reduziram de 13 a 20 por cento os salários do prefeito e seus sete assessores. O prefeito ganhava 276 mil francos, cerca de 160 mil dólares. Era o mais bem pago do país.

Por 50 mil sim e 44 mil não, os eleitores de Zurique aceitaram proposta do partido de direita UDC/SVP de reduzir os salários dos membros do poder executivo da cidade.

Com seu salário anual de 276 mil francos o prefeito recebia três vezes mais que o prefeito de Paris, Josef Estermann (91.000 francos / 52.000 dólares). Os assessores cerca de 250 mil francos / 145 mil dólares.

A "Aliança Suíça dos Contribuintes", organização próxima do partido mais a direita da Suíça, UDC/SVP, lançou uma campanha há dois anos com o eslogan: "220 mil (francos) de salário anual e basta".

A proposta tinha sido rejeitada em novembro pela câmara municipal de Zurique. Mas a aliança reuniu 4 mil assinaturas necessárias para um referendo sobre a questão, cabendo ao povo decidir no domingo, 21 de maio. Conseqüência: o prefeito vai receber 20 por cento menos e os assessores terão seus salários reduzidos de 13 por cento.

Resta que em Zurique os executivos de empresas são os mais bem pagos da Suíça. Com a redução de salários nessses postos políticos, pode haver desinteresse de pessoas competentes.

Lembremos também que a Suíça é um dos países mais caros do mundo.

swissinfo com agências.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.