Televisão e rádio públicas

As televisões e rádios públicas na Suíça estão sob pressão. A iniciativa popular (um projeto de lei para ser votado em plebiscito) "No Billag" pede o fim da cobrança da taxa de 450 francos por ano de cada lar no país. A Sociedade Suíça de Radiodifusão e Televisão (SRG SSR) - da qual a swissinfo.ch faz parte - perderá 70% do seu orçamento caso os eleitores aprovem a iniciativa nas urnas. O Parlamento recomendou seu veto, assim como também a contraproposta de taxa a 200 francos. O plebiscito deve ocorrer no início de 2018.

Serviço público

Mostrar mais

Mídias na Suíça

Mostrar mais

Conteúdo adicional relacionado ao tema

Veja aqui informações adicionais sobre o tema

Multimídia

Debate em relação à SRG Verificando os argumentos da iniciativa "No-Billag" *

Na semana passada o Parlamento suíço rejeitou a iniciativa "No-Billag". Já no primeiro debate, opositores e defensores apresentaram seus ...