Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Ex-presidente do Brasil Rádio suíça entrevista Dilma Rousseff

Em uma entrevista concedida a uma rádio suíça, a ex-presidente Dilma Rousseff chamou o atual governo brasileiro de "ilegítimo" e diz que foi "vítima de um golpe".

Pouco antes de viajar à Porto Alegre para encontrar familiares, Dilma Rousseff encontrou jornalistas, dentre eles uma representante da Rádio Televisão Suíça (RTS). Durante a conversa de quarenta minutos com a correspondente Anne Vigna, e transmitida na quarta-feira (07.09), a ex-presidente brasileira se mostrou combativa, apesar de não esconder o desgaste sofrido nos últimos meses. "Ela falou bastante sobre todos os programas sociais criados por ela durante os anos de poder do Partido dos Trabalhadores e que hoje, ao seu ver, correm o risco de serem paralisados", declarou Vigna.

Questionada sobre as atuais manifestações, a ex-presidente considera que a população brasileira não aceita a mudança de poder. "Eu acho que quando um país se encontra frente a um golpe baseado em uma fraude, como foi essa destituição sem um crime de responsabilidade, com um governo que me substitui, um governo ilegítimo, golpista e usurpador, o que acontece? A revolta das pessoas face a essa ruptura democrática, para uma democracia que nos custou tanto para conquistar. Ela se expressa em manifestações pacíficas", declarou Rousseff.

O que você considera das opiniões expressadas pela ex-presidente Dilma Rousseff? Dê sua opinião...

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português


Links

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

×