Navigation

Expo.02 tem mascote pronta

A diretora da Exposição, Nelly (Wenger) apresentando Lili. swissinfo.ch

A Exposição Nacional suíça - Expo.02 - destinada a mostrar de que o país é capaz, está tomando forma. Já tem até mascote, uma menina, « Lili », que deve virar coqueluche das crianças. A Expo será inaugurada dentro de um ano.

Este conteúdo foi publicado em 17. maio 2001 - 15:53

A inauguração da Expo está prevista para 15 de maio de 2002. Deverá ser uma vitrine da Suíça, mostrando as capacidades do país nos mais diferentes setores, devendo no entanto prevalecer o enfoque cultural.

Ela se desenvolve em torno de 3 cidades do oeste suíço - Biel/Bienne, Neuchâtel e Murten/Morat, onde os canteiros de construção estão avançados. Uma vez concretizados, projetos considerados inovadores - inclusive de produção de nuvens artificiais e meios de transportes modernos, como um barco solar - devem pôr fim a certo ceticismo quanto à necessidade da Expo.02 e os bilhões que consome.

Os responsáveis pelo evento lançaram uma série de medidas destinadas a familiarizar a população sobre o alcance dessa exposição nacional que tem suscitado bastante controvérsia. A reticência dos suíços parece abrandada e o sentimento atual seria que "como o trem está andando, devemos entrar..."

A mascotte "Lili" - se cumprir sua função que é de dar sorte - deve ajudar os realizadores da Expo a divulgar e provar a utilidade de uma mostra que não pretende ser "nem uma manifestação nombrilista nem um auto-retrato tecnocrático" e teria sempre em mente "forjar uma identidade coletiva e reorientar a sociedade".

"Lili" saída da imaginação (e do computador) do designer Gregory Gilbert Lodge, em Zurique, parece uma menina de 7 anos, vestida de branco com uma faixa vermelha e na cabeça um chapéu vermelho.

Ela teria nascido justamente 7 anos atrás, junto com a idéia da Expo.01 que, adiada por um ano, virou Expo.02.

Na idéia dos responsáveis pela Expo.02, "Lili" é uma heroína a que as crianças terão prazer em se identifîcar e "não somente as crianças". Eles pretendem lançar uma campanha publicitária destinada a vender produtos da marca, como camisetas no sentido de popularizá-la.

swissinfo com agências.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Em conformidade com os padrões da JTI

Em conformidade com os padrões da JTI

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?