"O trabalho enriqueceu minha vida"

Miho Habel. Miho Habel

Miho Habel (57) fundou a filial de Genebra da All Nippon Airways (ANA) em 1997 e passou 23 anos como executiva desenvolvendo a presença  da companhia aérea no mercado suíço. Sua carreira não teria sido possível sem o apoio de sua família.

Este conteúdo foi publicado em 17. agosto 2020 - 10:00

Na empresa japonesa sediada em Genebra, Miho Habel naturalmente teve que trabalhar do jeito japonês. As horas extras são uma prática comum. Depois de colocar seu filho na cama às 20 horas, ela frequentemente voltava para o escritório e trabalhava até a meia-noite. Ela também teve que participar de muitas viagens de negócios e eventos profissionais de networking.

Seu marido suíço, um jornalista, nunca reclamou do tempo que dedicou ao seu trabalho. Seus sogros gostavam de cuidar de seu filho. "Nunca poderei agradecer-lhes o suficiente por seu apoio. Entretanto, acredito que toda mulher tem dificuldade em encontrar um equilíbrio entre a casa e o trabalho", diz Habel.

A filial de Genebra aumentou seu volume de negócios em 16 vezes desde sua fundação. "A superação das dificuldades traz alegria e força. Meu trabalho enriqueceu minha vida".

Embora a presença das mulheres no mercado de trabalho suíço tenha aumentado nos últimos 20 anos, a família é importante para muitas mulheres, diz Miho Habel. "Penso que provavelmente não é apenas o trabalho em tempo parcial, mas também o nível de educação que influencia o avanço das mulheres", acrescenta, citando um relatório federal que afirma que as mulheres estrangeiras são, em média, mais qualificadas do que as suíças.

Partilhar este artigo