Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Federer ganha o Oscar do esporte pela quarta vez consecutiva

Roger Federer conquistou 3 Grand Slams em 2007

(Keystone)

Novo recorde para Roger Federer. O tenista suíço recebe pela quarta vez consecutiva o Prêmio Laureus de melhor esportista do ano.

A Atleta do Ano de 2007, distinguida junto com Federer em São Petersburgo, também vem do tênis: é a belga Justine Henin.

O tenista suíço Roger Federer recebeu o Prêmio Laureus, o Oscar do esporte, de Atleta do Ano pela quarta vez consecutiva esta segunda-feira (19/02).

Em cerimônia realizada no pomposo teatro Marinski, em São Petersburgo (Rússia), a Laureus Academy presidida por Edwin Moses distinguiu Roger Federer por seu extraordinário desempenho nas quadras no ano passado.

Além de empatar com o recorde de 5 vitórias em Wimbledon de Björn Borgs, o tenista de 26 anos nascido na Basiléia venceu em 2007 três dos quatro torneios de Grand Slam (Wimbledon, US Open e Aberto da Austrália) e foi vice em Roland Garros, na França.

Federer é o primeiro esportista a vencer o Laureus quatro vezes seguidas. Na temporada passada, o líder do ranking da ATP também conquistou a Masters Cup de Xangai.

"Estou feliz com o fato de o júri não ter dito que bastava ter ganho o prêmio três vezes. Estou muito orgulhoso pela distinção", disse Federer.

"Ele é um esportista incrível e, além disso, uma pessoa muito simpática. Ele mereceu esse prêmio", elogiou o ídolo do futebol alemão Franz Beckenbauer.

Também a melhor esportista vem do tênis

A belga Justine Henin, condecorada pela primeira vez com o Oscar do esporte para as mulheres, repetiu em 2007 a façanha realizada pela suíça Martina Hingis há dez anos e conquistou dez torneios numa temporada.

Assim como Federer no masculino, Henin, que conquistou seu 41° título no último final de semana em Antuérpia (Bélgica), concluiu o ano passado na liderança absoluta do ranking mundial do feminino.

Henin, de 25 anos, foi premiada pela primeira vez, depois de conquistar Roland Garros e o Aberto dos Estados Unidos, além da Masters Cup de Madri em 2007. A vencedora do ano anterior foi a russa Yelena Isinbayeva, do salto com vara.

"O ano passado foi o melhor de minha carreira: nenhuma contusão, desempenhos de ponta e muita alegria. Agora meu grande objetivo é Pequim", disse Henin. E Federer teve mais um motivo para se alegrar: "Essa é uma grande noite para o tênis", afirmou.

Revelação do ano na Fórmula 1

O piloto britânico Lewis Hamilton foi considerado a revelação de 2007. Aos 22 anos, o primeiro piloto negro da Fórmula 1 liderou o Mundial-2007 durante boa parte da temporada de estréia, mas perdeu o título na última corrida para o finlandês Kimi Raikkonen.

Além disso, a seleção de rugby da África do Sul foi premiada com o Laureus de Equipe do Ano. Os 'Springboks' conquistara a Copa do Mundo da modalidade ao derrotar a Inglaterra por 15-6.

swissinfo com agências

Prêmio Laureus: Oscar do esporte

Os premiados:

Atleta masculino do Ano: Roger Federer (SUI/tênis)
Atleta feminina do Ano: Justine Henin (BEL/tênis)
Equipe do Ano: África do Sul (seleção de rugby)
Revelação do Ano: Lewis Hamilton (GBR/Fórmula 1)
Retorno do Ano: Paula Radcliffe (GBR/atletismo)
Atleta do Ano com alguma deficiência: Esther Vergeer (HOL/tênis em cadeira de rodas)
Atleta de Esportes de Ação do Ano: Shaun White (EUA/skateboarding)

O livro de ouro dos homens:

2008 Roger Federer SUI/tênnis
2007 Roger Federer SUI/tênnis
2006 Roger Federer SUI/tênnis
2005 Roger Federer SUI/tênnis
2004 Michael Schumacher ALE/F1
2003 Lance Armstrong EUA/ciclismo
2002 Michael Schumacher ALE/F1
2001 Tiger Woods EUA/golfe
2000 Tiger Woods EUA/golfe

Aqui termina o infobox

Ídolos do esporte mundial

Quarenta e quatro ídolos do esporte compõem a Laureus Academy, que escolhe os premiados a partir de uma lista dos mais votados por mais de mil jornalistas do mundo inteiro.
A Fundação Laureus e os Prêmios Laureus foram criados pela Daimler-Chrysler e pela Richmond em 2000 com dois objetivos: financiar e promover o esporte como um meio de mudança social e homenagear, todos os anos, os melhores esportistas.
Atualmente, a Fundação Laureus apóia inúmeros projetos em nível mundial, procurando superar os grandes desafios sociais, entre eles a pobreza, a falta de teto, a guerra, a violência, a droga, a discriminação de minorias, o racismo e a aids.

Aqui termina o infobox

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.