Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Federer ganha o US Open pela quarta vez consecutiva

Sorriso e descontração só ao receber o troféu

Ao derrotar o sérvio Novak Djokovic em três sets (7-6, 7-6, 6-4) em Flushing Meadow, Roger Federer ganhou seu 12° título do Grand Slam e o tetracampeonano consecutivo do Aberto dos Estados Unidos. Este foi o último grande torneio da de 2007.

Além do troféu, o suíço número um mundial há mais de três anos ganhou um cheque de 1,4 milhão de dólares e 1.100 pontos na classificação da ATP, confortando sua posição de n° 1 mundial.

Apenas três jogadores ganharam várias vezes o Aberto dos Estados Unidos no século XIX e início do súculo XX. Na era mais moderna do tênis, Roger Federer passa, portanto, a integrar mais uma série inédita com o tetracampeonato consecutivo no torneio de Nova York.

Aos 26 anos, ao que parece a motivação do suíço é manter-se o maior tempo possível como número um mundial e bater recordes. Ele ainda quer, por exemplo, ganhar uma medalha olímpica e tentará obtê-la em sua terceira olimpíada, em Pequim, no ano que vem.

O título em Nova York também foi o 12° de Federer em torneios do Grand Slam. Ele só não conseguiu ainda vencer no saibro de Roland-Garros, em Paris, derrotado duas vezes por Rafael Nadal, que o impediu de realizar o Grand Slam no ano passado e neste ano, ou seja, vencer no mesmo ano, os quatro torneios do Grand Slam.

Na final de domingo em Nova York, o suíço, número 1 mundial desde abril de 2004, derrotou a revelação do ano passado, confirmado este ano, o sérvio Novak
Djokovic, de 20 anos, que disputava sua primeira final de um Grand Slam. A partir da próxima semana, ele será o n° 3 mundial na classificação da ATP.

Talento aos 20 anos

Com muito talento mas ainda pouca experiência, na final de domingo Djokovic esteve várias vezes para vencer o primeiro e o segundo sets, mas sempre foi superado por Federer. O suíço mais uma vez foi fiel à sua reputação de fazer grandes jogadas quando está em situação dificil na partida.

"Perder em três sets foi até injusto para Novak", disse Federer em público ao final da partida, antes da entrega dos troféus.

No mês passado, no torneio de Montreal, Djokovic venceu os três melhores jogadores do mundo: Andy Roddick, Rafael Nadal e, na final, Roger Federer.

Aos 20 anos, o sérvio já está no circuito profissional há três anos. Em 2005, estava em 78° lugar da ATP. Em 2006 subiu para 16° e agora já está em 3°.

swissinfo com agências

Fatos

Final masculina: Roger Federer venceu o sérvio Novak Djokovic (7-6;7-7;6-4)
Finale feminina: a belga Justine Henin, n° 1 mundial, venceu a russa Svetlana Kuznetsova (6-1 6-3).

Aqui termina o infobox

Roger Federer

Nasceu em 1981 em Basiléia, noroeste da Suíça, e é número um mundial desde fevereiro de 2004.

Até agora, ganhou 51 torneios ATP e três Masters.

Entre os títulos estão 12 torneios do Grand Slam: Austrália em 2004, 2006 e 2007; Wimbledon em 2003, 2004, 2005, 206 e 2007; Estados Unidos: 2004, 2005, 2006 e 2007. Ainda não ganhou o torneio de Roland-Garros, na França.

Federer foi eleito pela terceira vez consecutiva jogador do ano pela Federal Internacional de Tenis

Ele mantém uma fundação beneficiente para crianças na África do Sul e, desde abril de 2006, é embaixador do Unicef - Fundo das Nações Unidas para a Infância.

Aqui termina o infobox


Links

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

×

Destaque