Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Ferrero e Novak disputam final em Gstaad

Alex Corretja, vencedor em 2000, caiu nas semifinais

(Keystone)

O espanhol Juan Carlos Ferrero avançou à final de Gstaad, nos Alpes Suíços, eliminando o francês Sébastien Grosjean: 6-4 e 6-4. O outro finalista é o checo Jiri Novak que surpreendeu eliminando o espanhol, Alex Corretja, vencedor do torneio em 1998 e 2000 em 3 sets, com parciais de 3-6, 6-3 e 6-4.

Esperava-se uma final 100% espanhola entre Ferrero e Corretja, mas é um checo, Jiri Novak, n° 40 no "ranking" da ATP (Associação dos Tenistas Profissionais) que vai disputá-la com Ferrero. Na semifinal contra Corretja, Novak perdeu o primeiro set, mas no segundo e terceiro virou o jogo. Na última etapa perdia de 3 games a 0, mas conseguiu recuperar o atraso, fechando o set em 6-4.

Nos últimos 4 anos, foi a primeira derrota de Corretja no torneio de Gstaad, chique vilarejo do interior do Cantão de Berna que atrai personalidades famosas, em busca de beleza natural e tranquilidade. O espanhol que figura entre os 10 melhores do mundo, levou o título em 1998 e 2000, não tendo participado em 1999 porque estava ferido.

Na outra semifinal, o espanhol Juan Carlos Ferrero venceu o francês Sébastien Grosjean com maior tranquilidade. Sendo um dos melhores jogadores do mundo parte favorito para a final do domingo, dia 15.

swissinfo com agências.


Links

×