Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Formação contínua em Hotelaria e Restauração é gratuita

Prédio do centro de formação, em Weggis

(swissinfo.ch)

Estão disponíveis cursos de formação dos parceiros sociais na Indústria Hoteleira e de Restauração.

Os cursos denominam-se "Progresso", têm a duração de cinco semanas, são gratuitos, e estão abertos a todos aqueles que trabalham no sector da cozinha, serviço às mesas ou na área profissional de Economia Doméstica. A formação, materiais didácticos, refeições e estadia são gratuitos.

Na entrevista a seguir, o responsável do projecto Progresso, Michael Berger, do centro de formação em Weggis descreve as condições para esta excelente oportunidade de valorização profissional para todos aqueles que trabalhem no sector.

Swissinfo: Quem é que pode participar nestes cursos da Gastro?

Michael Berger: Dos cursos que estamos agora a falar, o "Progresso", podem participar cozinheiros, empregados de mesa e direcção e da área profissional de economia doméstica. Este curso da Progresso dura cinco semanas.

Existem outros cursos para outros sectores da hotelaria?

MB: Para as pessoas que trabalham na indústria hoteleira, nós estamos a centrar-nos apenas nestes cursos que acabo de mencionar. Naturalmente existem cursos como o de "Bar" e outros do género. Mas neste momento é o que temos.

Por exemplo, portugueses que trabalhem na cozinha e como empregados de mesa, que é que têm que de fazer para poder aceder aos vossos cursos?

MB: A única exigência que é que trabalhem num hotel ou num restaurante, com alguma experiência nestes sectores, e que desejem obter uma formação profissional na sua área. Portanto, estamos a falar de pessoas que têm alguma experiência mas sem a base de um curso de formação.

Assim, os nossos cursos vão poder explicar o porquê de tudo aquilo que fazem, com um diploma de valorização no final. Ou seja, eles trabalham, mas não sabem a base do que estão a fazer. Assim, existe uma introdução pedagógica e de valorização à sua formação profissional.

Sim, mas uma pessoa que trabalhe nos sectores que referiu, que é que tem de fazer exactamente e se tem que pagar alguma inscrição para poder participar neste curso?

MB: Uma pessoa que trabalhe num restaurante ou num hotel, os cursos estão automaticamente pagos. E isto porque um Restaurante ou um Hotel estão ligados ao Contrato Colectivo de Trabalho nacional, e neste está contemplado um fundo de formação para as pessoas que trabalhem no sector. Assim os cursos " Progresso" estão automaticamente financiados. Ou seja, quem deseje participar não tem que pagar nada para se valorizar profissionalmente.

Você já referiu que os cursos duram cinco semanas. Nestas cinco semanas de curso, o participante fica sem o seu salário? Ou será que o mesmo é descontado no tempo das suas férias?

MB: Não. O tempo de duração do curso não é descontado das férias. Os cursos são propostos sem qualquer custo de participação, e não será penalizado em termos salariais pelo seu empregador.

Temos de referir que para o empregador também não tem custos, porque vai receber uma indemnização de 500 francos por cada semana de participação do seu empregado. O empregado pode frequentar o curso durante o seu tempo de trabalho. Para o restaurante ou para o hotel, também é interessante a nível de valorização dos seus quadros.

Ao fim destas cinco semanas, cada participante recebe um diploma?

MB: Exactamente. Mas deixe-me dizer que estas 5 semanas de curso não são de uma só vez. Efectivamente o curso tem a duração de 5 semanas, mas não e uma só vez. Não seria ideal para um hotel perder um colaborador durante tanto tempo.

O curso está dividido em diferentes fases: bloco 1, 2 e 3, e entre estes o participante volta ao seu posto de trabalho. Em cada bloco do cursos o participante recebe uma confirmação de participação, e ao final recebe um diploma, conhecido por "diploma Progresso", que reconhecido em toda a Suíça como um documento oficial pelas três entidades: Gastro Suisse, Hotelarie Suisse e Gastro Union.

Este curso da Progresso que vocês propõem é para qualquer trabalhador em toda a Suíça?

MB: O curso Progresso é para toda a Suíça, seja da parte francesa, italiana ou alemã. Mas devo referir que é da parte alemã que recebemos mais participantes.

Onde é que uma pessoa que tenha interesse, pode receber informação mais detalhada, ou até mesmo inscrever-se directamente com os vossos serviços?

MB: Nós temos uma página na Internet, www.progresso-lehrgang.ch , para a língua alemã, existem brochuras que estão a ser distribuídas, naturalmente que podem entrar em contacto com os nossos serviços pelo telefone 041 392 77 33.

Porque recomenda este curso?

MB: Estes cursos são fantásticos para aquelas pessoas que não têm uma formação profissional de base. É uma excelente possibilidade de estes valorizarem enormemente a actividade profissional, que lhes podem abrir outras possibilidades nas suas carreiras.

Existe a possibilidade de estas pessoas depois da participação neste curso Progresso, de evoluírem para outros cursos?

MB: Sim. Temos agora a formação " Modulare". Que é para aquelas pessoas que depois do curso "Progresso" podem obter uma especialização mais aprofundada. Mas este projecto-piloto é para aqueles que trabalham na cozinha. Tem a duração de um ano e os participantes têm que vir à escola dois a três dias por mês e tem início no próximo mês de abril.

Os participantes deste curso Progresso, têm que saber falar e escrever correctamente o alemão, francês ou italiano?

MB: Não. Não têm que ter conhecimentos aprofundados dos idiomas. Têm, isso sim, é que entender o que professor diz, fazer perguntas quando não entende e ler, que são textos muito acessíveis. No caso da cozinha poderá mesmo escrever as receitas no seu próprio idioma. Não é necessário saber falar perfeito, mas essencialmente entender.

Entrevista swissinfo, Adelino Sá

Fatos

Hotel & Gastro Formation
Eichistrasse 20
6353 Weggis
Telefone: 041 392 77 33
E-mail: progresso@hotelgastro.ch

Aqui termina o infobox


Links

×