Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Futuro incerto para clube suíço

Estádio do FC Sion, na cidade do mesmo nome

(Keystone Archive)

O clube suíço de futebol, o FC Sion, da primeira divisão, está em perigo. As incertezas que perduram há anos agravaram-se agora com fracasso de solução financeira. Um empresário francês acertara a compra do clube por 5 milhões de francos, mas desapareceu na hora de pagar e o negócio foi desfeito. Pela equipe, que já viveu momentos de glória, passaram craques brasileiros, como Túlio e Assis, irmão de Ronaldinho Gaúcho.

Dia 23 de setembro, o empresário francês de jogadores, Jacky Moyal, havia oferecido 5 milhões de francos - US 3.12 milhões - na compra do FC Sion. O acordo devia ser finalizado dia 25/9 em Genebra .

Comprador desaparece

O dono do clube, o camaronês (dos Camarões) Gilbert Kadji, e o Sion deviam ver a cor do dinheiro esta semana. Mas "Jacky Moyal evaporou-se", como escreve cronista do Le Temps, de Genebra.

Em entrevista a Swissinfo, fonte bem informada e próxima do Clube estima Moyal uma pessoa que não merece crédito. Lembra com ironia, que o empresário francês já manifestara "interesse" em comprar dois outros clubes suíços, Yverdon e Servette (de Genebra). Lembra também a afirmação de Moyal de que tinha direitos sobre todos os jogadores do Liverpool. Se fosse, verdade, enfatiza, isso se saberia.

Glórias passadas

Há duas temporadas, o Sion amargava rebaixamento à Liga Nacional B (2a. Divisão). Subiu ao clube dos 12 da primeira divisão na temporada 1999-2000 e agora na atual, iniciada em julho, mantém-se entre os 8 melhores, apesar de problemas administrativos como a garantia de orçamento para ficar na primeira divisão.

A expectativa é de que os problemas atuais sejam resolvidos brevemente. O treinador (Laurent Roussey, 40 anos, ex-estrela do St-Etienne, na França), está farto, os jogadores estão preocupados, porque nem sequer receberam o salário de agosto.

O FC Sion teve seus momentos de glória. Conquistou o campeonato suíço em 1992 e 1997. De 1965 a 1997, participou de 10 finais de Copa Suíça e venceu todas.

Craques brasileiros no clube

Alguns bons jogadores brasileiros passaram pelo Sion. O mais famoso é Túlio, ex-Goiás, nos anos 90. Não deu certo no clube. De regresso ao Brasil, jogou no Botafogo e foi artilheiro.

Outro craque foi (Roberto) Assis, irmão de Ronaldinho Gaúcho. Ambos estão na França. Assis defendendo as cores do Montpellier e Ronaldinho as do PSG (Paris St.Germain).

Swissinfo


Links

×