Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Grandes questões O novo acelerador de partículas de alta energia do CERN

É o futuro. É circular, é um colisor. Um acelerador gigante de partículas, previsto para ser construído no centro de pesquisa de física de partículas baseado em Genebra, o CERN, será quase quatro vezes mais longo e dez vezes mais potente que o atual Grande Colisor de Hádrons do centro.

O plano previsto para o Future Circular ColliderLink externo, com sua circunferência de 100 quilômetros, é desvendar ainda mais os segredos da matéria e do universo nas próximas décadas. Parte do túnel para o colisor elétron-pósitron deve ser construído sob o Lago de Genebra e a máquina poderia começar a operar em 2040. Ele ficaria próximo ao atual LHC (Large Hadron ColliderLink externo) de 27 quilômetros, que talvez seja mais conhecido por ajudar a confirmar o bóson subatômico de Higgs em 2012.

Projeto bilionário

O projeto do colisor, elaborado por um consórcio de pesquisa com mais de mil cientistas, custaria cerca de 9 bilhões de francos suíços (9 bilhões de dólares). Os planos foram submetidos a um painel internacional de físicos de partículas, que estão preparando uma nova estratégia europeia de física de partículas para publicação em 2020.

Uma segunda fase envolveria a colocação de uma máquina de prótons supercondutores no mesmo túnel, a um custo adicional de cerca de CHF15 bilhões. Isso poderia começar a funcionar no final dos anos 2050.

(SRF/swissinfo.ch)



Adaptação: Fernando Hirschy, swissinfo.ch

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Suas perguntas se transformam em nossas matérias

Suas perguntas se transformam em nossas matérias

Suas perguntas se transformam em nossas matérias

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.