Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Holdebank tenta expandir-se na Indonésia

O gigante suíço de olho no mercado asiático.

(Keystone)

A multinacional do cimento, Holderbank, uma das maiores do mundo, procura reforçar sua posição no mercado asiático aumentando participação na Cibinong, uma das principais do ramo na Indonésia. Mas acaba de fracassar em tentativa semelhante em Portugal.

Holderbank, com sede na Suíça já controla 11,5 por cento do capital de Cibinong, importante produtor indonésio de cimento. A intenção é controlar mais de 50 por cento do capital.

Uma participação majoritária na empresa indonésia está condicionada porém a fatores como reestruturação financeira de Cibinong. Depende também de aprovação do governo de Jacarta.

A empresa indonésia tem duas fábricas modernas, em Naragong, perto de Jacarta, e em Cilacap, na costa sul de Java Central, produzindo anualmente cerca de 10 milhões de toneladas de cimento

Cibinong tornou-se também nos últimos anos um importante exportador para a região do Oceano Índico e Estados Unidos, registrando um volume de venda para essas regiões de 5 milhões de toneladas em 1999.

Vale lembrar que em Portugal, CIMPOR-Cimentos acaba de recusar oferta de 6 bilhões de francos - cerca de 3,6 bilhões de dólaress - feita pela empresa portuguesa SECIL, segundo produtor do país, e pela Holderbank.

CIMPOR achou pouco a oferta. Holdebank diz não querer aumentar o lance que considera "generoso".

A intenção da empresa SECIL - Companhia Geral de Cal e Cimento SA - era comprar pelo menos 67 por cento do capital-ações de CIMPOR - Cimentos de Portugal SA - maior produtor português do ramo e presente na Espanha, Brasil, Africa do Norte e Moçambique.

As duas empresas gostariam de dividir o mercado nesses países. Holderbank ficaria com as atividades de CIMPOR em Portugal, no Marrocos, na Tunísia e em Moçambique e SECIL conservaria todas as outras atividades estrangeiras de CIMPOR na Espanha, Egito e Brasil.

swissinfo com agências.





Links

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.