Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Imersão num bairro popular da Genebra Internacional

O fotógrafo suíço Christian Lutz viveu três meses com o s habitantes das “Libélulas”, na periferia de Genebra. Da experiência surgiu um livro que mostra o cotidiano doce-amargo desse bairro popular da cidade internacional.

Christian LutzLink externo é distribuído por VU, uma agência de fotografia que sublinha o interesse do livro “Libélulas”: “Ele aborda esse trabalho de cartografia da margem com o mesmo rigor que caracteriza sua trilogia sobre o poder (“Protokoll”;”Tropical Gift”; “In Jesus' name”).”

A alguns quilômetros do centro de Genebra, uma das cidades mais populosas da Suíça e centro nevrálgico europeu das organizações internacionais, existem edifícios residenciais na beira das estradas e ficam isolados, à margem: um panorama que se pode encontrar na maioria das periferias das cidades europeias.

Querendo mostrar o cotidiano de uma população, Christian Lutz revela o desemprego, a falta e perspectivas e o sentimento de abandono predominante. Evitando retratar a miserabilidade como angelismo, ele fotografa à altura do homem, refletindo as perspectivas dos habitantes das “Libélulas” e produz uma série de imagens que dizem ao mesmo tempo a intimidade de um lugar e suas fraturas, sublinha VULink externo. São impressões fugazes e poéticas em que a solitude do homem é palpável.

 (Texto: swissinfo.ch/VU; images: Christian Lutz)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Suas perguntas se transformam em nossas matérias

Suas perguntas se transformam em nossas matérias

Suas perguntas se transformam em nossas matérias

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.