Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Imposto cor de rosa Saias e absorventes têm imposto mais alto do que roupa masculina e Viagra

Na Suíça, as mulheres que compram roupas importadas - ou menstruam - pagam um imposto mais alto do que os homens que usam roupas importadas ou tomam remédio para disfunção erétil. Esses são apenas dois exemplos suíços do chamado "imposto cor de rosa", uma forma de discriminação de preço baseada no gênero.

woman holding garment on a hanger

"Você sabia que também estamos pagando uma taxa alfandegária mais alta?!"

(KEYSTONE/Christof Schuerpf)

Quando uma mulher na Suíça quer mudar seu guarda-roupa com roupas feitas no estrangeiro, pode esperar pagar mais do que os colegas do sexo masculino. Em um exemplo de imposto cor de rosa sancionado pelo governo suíço, a tarifa para roupas femininas importadas para a Suíça é mais alta do que para roupas masculinas: 5% contra 3% sobre o valor do vestuário. Os varejistas levam isso em conta nos seus preços, o que faz com que as mulheres - que em média já ganham menos do que os homens - paguem mais pelo vestuário.

A razão para esta discrepância é que as tarifas do vestuário suíço se baseiam no peso e, historicamente, o vestuário das mulheres era mais leve do que o dos homens, mas geralmente mais caro.

Antique silk dress

Um antigo vestido de seda no Textilmuseum de St. Gallen

(Keystone / Regina Kuehne)

"Temos nos esforçado para garantir que a carga tarifária sobre as roupas das mulheres seja ajustada para baixo", disse Stefan Meierhans, o controlador dos preços na Suíça. Uma mudança na lei continua pendente, explicou a porta-voz da Secretaria de Estado para Assuntos Econômicos, Livia Willi.

"Um projeto de lei para abolir as tarifas industriais está sendo elaborado atualmente. Isso eliminaria definitivamente o tratamento desigual entre roupas masculinas e femininas", disse Livia Willi, que também destacou que, graças aos acordos de livre comércio, uma proporção significativa das importações de roupas já está livre de impostos.

Sem desconto de imposto

As mulheres precisam comprar absorventes para seus períodos menstruais. Elas estão sujeitas à taxa integral do imposto sobre o valor agregado (IVA) na Suíça: 7,7%. Ao contrário da água da torneira, da comida, da areia para gatos, das flores, do material de leitura e dos medicamentos, os absorventes femininos não estão sujeitos à taxa de desconto de 2,5% aplicada em 2018.

Há uma moção parlamentar para ajustar a taxa para baixo, e no verão passado, o grupo de campanha suíço CampaxLink externo apresentou uma petição pedindo ao Senado suíço que siga o exemplo de outros países. Por exemplo, o Quênia eliminou o "imposto Modess" em 2004; a Índia o fez no ano passado. Este ano, a Austrália e 11 estados americanos se juntaram a eles. A Grã-Bretanha, por sua vez, cobra 5% de IVA em comparação com os 20% cobrados sobre outros bens.

people standing with signs

"Há 40 homens e seis mulheres no Senado. Quase 90% das pessoas que decidiram sobre a nossa situação nunca menstruaram", salientou Campax, que entregou a petição no dia da greve nacional das mulheres. Mais de 11.000 pessoas assinaram a petição

(Campax)

Lavanderia

Os preços nas lavandarias são muitas vezes outra fonte de queixas sobre preços injustos para as mulheres. No entanto, os homens muitas vezes conseguem um preço melhor porque uma máquina ajuda a passar suas camisas - como demonstrado neste vídeo da Associação Suíça para o Cuidado TêxtilLink externo.

Robot steaming shirts

robot steaming shirts

De acordo com Melanie Saner, gerente geral da associação, as camisas femininas são tipicamente pequenas e delicadas demais para a passadeira automática.

"Os preços mais baratos são apenas para camisas passadas na máquina", disse Saner para swissinfo.ch. "Se você tem que fazer isso à mão, é mais caro - também para camisas masculinas ou infantis".

Lâminas

Outro item típico de imposto cor de rosa em muitos países são as lâminas de depilar. Uma comparação com as lâminas de barbear em venda em Berna revelou algumas grandes diferenças de custo. Enquanto um refil de três lâminas de barbear masculina custa CHF 3,24 ($ 3,26), o equivalente para as mulheres custa CHF 4,98. Em geral, as lâminas descartáveis para as mulheres custam 8 a 54% a mais do que as dos homens.

shaving equipment

À primeira vista, as lâminas de depilar parecem menos caras, até você notar que os refis contêm menos unidades do que as versões masculinas

(swissinfo.ch)
shaving supplies


(swissinfo.ch)

A Fundação Suíça de Defesa do ConsumidorLink externo, que também apoia a redução do IVA para os absorventes, observa que, em geral, "os consumidores precisam estar cientes de que há diferenças de preço específicas de gênero" para bens e serviços.

André Bähler, responsável do departamento de política e economia da fundação, disse para swissinfo.ch que "as mulheres muitas vezes pagam muito mais do que os homens pelo mesmo corte de cabelo, mesmo quando se trata de um estilo simples e curto".

Preços unissex

Mas recentemente, um cabeleireiro em Lausanne introduziu os mesmos preços para homens e mulheres. No salão Avant-ProposLink externo, os cortes de cabelo normalmente custam CHF80 por pessoa, mais por estilos particularmente longos ou cacheados.

O dono do salão atualizou seus preços em fevereiro depois que uma cliente perguntou por que seu namorado havia pago CHF20 a menos por seu corte de cabelo. Incapaz de encontrar um motivo, ele decidiu tratar seus clientes da mesma forma.

man with beard

"Alguns homens ainda não entenderam. Eles achavam que um corte de cabelo com a gente tinha se tornado muito caro e deixaram de vir", disse Nicolas Cettou para swissinfo.ch. Há também novas clientes atraídas pelo esquema de preços

(swissinfo.ch)


Adaptação: Fernando Hirschy, swissinfo.ch

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Siga-nos no Instagram

Siga-nos no Instagram

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.