Perspectivas suíças em 10 idiomas

Israel recebe primeiras doses de vacina da Pfizer

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu (C), conversa com seu advogado dentro da corte distrital de Jerusalém, em 24 de maio de 2020, no primeiro dia de seu julgamento por corrupção afp_tickers

Israel recebeu nesta quarta-feira (9) suas primeiras doses da vacina da Pzizer contra o coronavírus e o chefe de governo Benjamin Netanyahu afirma querer ser o “primeiro” no país a se vacinar para dar o “exemplo”.

As vacinas chegaram ao aeroporto Ben Gurion de Tel Aviv, em um avião da companhia DHL, que Benjamin Netanyahu recebeu sorridente.

“É um dia de comemoração para Israel! Tenho a intenção de ser o primeiro a vacinar, para dar exemplo ao restante da população. O fim (da pandemia) está à vista”, afirmou.

Israel comprou em novembro oito milhões de doses na Pfizer com uma entrega prevista a partir de janeiro de 2021, mas as primeiras doses da vacina chegaram antes do previsto, nas vésperas do Hanukkah, a festa judaica das Luzes celebrada a partir de quinta-feira.

Israel, que está trabalhando em sua própria vacina, também encomendou seis mihões de doses aos laboratórios Moderna.

No total, esses 14 milhões de doses podem proteger cerca de sete dos nove milhões de israelenses, que receberão duas doses por pessoa.

SWI swissinfo.ch - sucursal da sociedade suíça de radiodifusão SRG SSR

SWI swissinfo.ch - sucursal da sociedade suíça de radiodifusão SRG SSR