Navigation

Já se contam 11 vítimas no túnel do Gotardo

Túneis alpinos swissinfo.ch

Segundo balanço provisório : o grave acidente resultante de choque de 2 caminhões no Gotardo, principal eixo rodoviário Norte-Sul na Europa, deixou 11 vítimas.

Este conteúdo foi publicado em 26. outubro 2001 - 12:17

O drama nesse túnel de quase 17 km - o mais grave desastre rodoviário no país - ocorreu na manhã de quarta-feira, a cerca de 1 km da saída sul, direção Itália. O choque provocou incêndio e muita fumaça : um dos caminhões transportava pneus e lonas e o outro material de isolamento.

Até meio dia de quinta-feira, equipes de socorro anunciavam que provisoriamente foram retirados 11 vítimas, a maioria pereceu asfixiadas.

Mas dezenas de pessoas são dadas como desaparecidas. Algumas podem figurar entre as vítimas.

Trezentos socorristas

Os bombeiros ainda não conseguiram apagar o fogo e uma área de 250 metros do túnel continua inacessível. A temperatura chega a 1000-1200 graus, e há perigo de novos desabamentos.

Trezentas pessoas - bombeiros, polícia e proteção civil - participam das operações de socorro. Utilizam 60 veículos e 5 helicópteros. Segundo porta-voz dos socorristas, a segunda fase da operação, visando a chegar ao local da colisão, deve durar 2 dias.

Quanto ao túnel do Gotardo, ele pode ficar fechado durante várias semanas ou alguns meses. Uma alternativa para o tráfego é o túnel de San Bernardino, que foi fechado na manhã de quinta-feira, após um acidente que envolveu 1 caminhão e 3 carros. Uma pessoa morreu.

A circulação entre norte e sul da Suíça - e entre norte e sul da Europa - deve continuar perturbada durante muito tempo.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Em conformidade com os padrões da JTI

Em conformidade com os padrões da JTI

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?