Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Jean Ziegler provoca polêmica no Brasil

O relator especial da ONU - arquivo

(Keystone Archive)

O Brasil em estado de choque. O relator especial da ONU estima que o País vive em situação de guerra social. E fala de sanções morais.

Provocaram polêmica as declarações de Jean Ziegler ( ex-deputado socialista, autor de "A Suíça Lava mais Branco", contra os bancos do País). Chegou a gerar uma reação oficial do Ministério das Relações Exteriores.

"Fome é ato de violência..."

Fiel à sua fama de polemista, Jean Ziegler, estima que o grau de má nutrição do povo - segundo estatísticas oficiais, 23 milhões de pessoas para um total de 170 milhões - chegou a nível "inadmissível para um país como o Brasil".

O relator oficial da ONU para o Direito à Alimentação destaca que, no caso do Brasil, "a fome é verdadeiro ato de violência e não uma fatalidade".

Há no Brasil mais de 40 mil assassinatos por ano. É cifra bem superior ao nível do que a ONU considera que um país está em guerra (15.000 mortos por ano).

Para Jean Ziegler, esse conflito não está declarado. Trata-se, no caso, de uma forma de guerra social.

E o ex-deputado suíço acrescenta que o relatório que apresentará na próxima Assembléia Geral das Nações Unidas poderia levar a adoção de "sanções morais".

Nota da diplomacia

É verdade que desde a restauração da democracia, os governos que se sucederam foram incapazes de atenuar sensivelmente as graves desigualdades sociais que dilaceram a sociedade brasileira.

Os brasileiros, no entanto, não esperava receber uma tal lição por parte de um emissário da ONU. Aliás, reagiram oficialmente e de maneira bastante viva.

O Ministério das Relações Exteriores emitiu nota em que lamenta "profundamente o tom pouco construtivo" das declarações de Jean Ziegler. Declarações que "colocam em perigo a objetividade de sua missão".

Tradução, em tom menos diplomático, por um próximo do governo brasileiro: Jean Ziegler é "um maluco, um desonesto. Ele não é sério. Em todo o caso, privado da seriedade de que deveria dar provas como representante da ONU".

Swissinfo / Thierry Ogier, São Paulo.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

×