Navigation

Jornais gratuitos são os mais lidos

O jornal gratuito "20 minuten" é o mais lido na Suíça. swissinfo.ch

Pesquisa revela que o “20 Minuten”, publicação distribuída gratuitamente nos trens e paradas de ônibus, se transformou no jornal diário mais lido da Suíça.

Este conteúdo foi publicado em 07. setembro 2004 - 11:39

O jornal em formato tablóide e que pode ser lido em apenas 20 minutos é uma fórmula de sucesso comercial também adotada em outros países como a Alemanha.

As estatísticas no relatório anual publicado pelo instituto suíço de pesquisas da mídia WEMF mostram o que muitos leitores têm percebido nos últimos tempos: a imprensa está em evolução na Suíça.

O “20 Minuten” é o jornal diário mais lido do país. Em formato tablóide, para facilitar a leitura, a publicação é gratuita e contém todas as informações que podem ser lidas em vinte minutos, o tempo que a grande maioria dos suíços gasta no trajeto entre residência e trabalho utilizando os meios de transporte público. Não é à toa que ela é distribuída apenas nas estações de trem, pontos de ônibus e também dentro das próprias viaturas e vagões.

O jornal contém todas as manchetes do dia, fotos, horóscopo, programa cultural e até previsão do tempo. O financiamento da publicação vem através dos anúncios e, ao contrário da maioria dos jornais pagos, eles não têm faltado. O sucesso dessa fórmula comercial inovadora é revelada pelos números: 782 mil leitores lêem diariamente o “20 Minuten”.

Dessa forma, a publicação ocupa o primeiro lugar na Suíça, tirando do posto o diário popular “Blick”, que tem 736 mil leitores.

Quedas de tiragem

Enquanto o “20 Minuten” e o “Blick” aumentaram o número de leitores em relação ao ano passado - 90 mil e 15 mil - o terceiro jornal mais lido da Suíça, o sisudo “Tagesanzeiger” perdeu três mil.

“A realidade é que todos os jornais que escolheram o formato tablóide ganharam leitores, enquanto os outros não”, explica Harald Amschler, chefe de pesquisas no instituto WEMF.

Talvez por essa razão, o jornal mais conceituado do país, o “Neue Zürcher Zeitung”, forte pelo seu noticiário econômico e internacional, é hoje em dia apenas a sexta publicação diária mais lida na Suíça com 316 mil leitores. Em 2002, o NZZ ainda tinha 343 mil.

Briga entre editoras

O jornal gratuito “20 Minuten” circula há cinco anos na parte alemã da Suíça. O anúncio de que a publicação conseguiu nesse tempo conquistar a maioria dos leitores provoca polêmica nas editoras concorrentes.

Para Bernhard Weissberg, diretor da Editora Ringier (que publica dentre outras publicações, o jornal diário Blick), não é possível comparar as publicações pagas daquelas que são distribuídas gratuitamente.

“Elas não estão na mesma categoria, pois nosso jornal tem muito mais editorias, reportagens investigativas e artigos aprofundados, enquanto os gratuitos apenas reproduzem o que está nas agências de notícias”, reforça Weissberg.

O editor suíço não considera uma surpresa o sucesso do “20 Minuten” nas grandes aglomerações urbanas, “afinal eles são gratuitos, porém completamente diferentes do que aquilo que nós publicamos”.

Sucesso comercial

Para Roger Blum, professor de comunicação social da Universidade de Berna, o sucesso do “20 Minuten” deve-se, sobretudo, ao seu formato que é ideal para um grande público na Suíça: - “são aqueles que viajam todos os dias em trens e ônibus entre os subúrbios e campo e as grandes cidades. Essas pessoas querem apenas saber o que aconteceu nas últimas vinte e quatro horas”.

Porém Blum acredita que o “20 Minuten” não é o único jornal lido, pois não contém poucas informações locais ou de temas específicos como economia.

Curiosamente o jornal gratuito não existe na parte francesa da Suíça. A razão está na geografia: - “Nessa parte do país as distâncias são menores e as pessoas utilizam quase apenas o automóvel”.

Povo de leitores

De acordo com o estudo do WEMF, os suíços podem ser considerados um povo de leitores: 97% da população adulta lêem diariamente pelo menos um jornal; 94% lêem pelo menos uma revista.

Um aspecto interessante do país é que as duas revistas mais lidas tratam apenas de temas voltados para o consumidor: “Ktipp” e “Beobachter”.

Cada uma das duas publicações tem uma média de um milhão de leitores semanais. Elas são batidas apenas por outras duas publicações, que não entraram nas estatísticas: as revistas “Coop-Zeitung” (3,2 milhões) e “Migros-Magazin” (2,78 milhões), que são distribuídas gratuitamente pelas duas maiores redes de supermercado no país para os clientes registrados nos cartões-fidelidade.

swissinfo com agências

Fatos

97% da população adulta suíça lêem pelo menos um jornal.
94% lêem pelo menos uma revista.

End of insertion

Breves

- O jornal diário mais lido na Suíça é a publicação gratuita "20 Minuten", que atinge diariamente 782 mil leitores. O jornal é distribuído nas estações de trem e pontos de ônibus.

- O jornal pago mais lido na Suíça é o "Blick", com 736 mil leitores diários.

- A revista paga mais lida é a "Ktipp" (1,109 milhão de leitores), que dá conselhos para o consumidor.

- O jornal dominical mais vendido é o "SonntagsBlick", com 977 mil leitores.

- Os jornais semanais das duas maiores redes de supermercado na Suíça - Coop e Migros - têm milhões de leitores e podem ser consideradas as revistas mais lidas. As publicações são enviadas pelos correios a todos os consumidores que têm os chamados cartões-fidelidade.

End of insertion

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Em conformidade com os padrões da JTI

Em conformidade com os padrões da JTI

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?