Juíza da Suprema Corte dos EUA Ruth Ginsburg recebe alta hospitalar

Juíza da suprema corte dos EUA Ruth Bader Ginsburg. 1/6/2017. REUTERS/Jonathan Ernst reuters_tickers
Este conteúdo foi publicado em 31. julho 2020 - 23:54

Por Lawrence Hurley

WASHINGTON (Reuters) - A juíza da Suprema Corte dos Estados Unidos Ruth Bader Ginsburg recebeu alta hospitalar nesta sexta-feira depois de passar por um procedimento de inserção de stent no ducto biliar nesta semana, informou um comunicado do tribunal.

Ginsburg, que aos 87 anos é a integrante mais antiga da Suprema Corte e importante representante liberal, está em casa e "se sentindo bem", acrescentou o comunicado.

Ginsburg, que teve uma série de problemas de saúde, disse há duas semanas que estava recebendo tratamento quimioterápico para a recorrência de câncer após uma biópsia revelar lesões no fígado, mas acrescentou que não tem planos de se aposentar.

A saúde dela é observada de perto porque uma vaga na Suprema Corte poderia dar ao presidente republicano Donald Trump a chance de nomear um terceiro juiz para um mandato vitalício na corte de nove membros e movê-la ainda mais para a direita.

O tribunal atualmente possui uma maioria conservadora de 5-4, incluindo os dois juízes nomeados por Trump - Brett Kavanaugh em 2018 e Neil Gorsuch em 2017.

Partilhar este artigo